Abrir menu principal
Batalha de Baçorá
Invasão do Iraque em 2003
1 IG cover sappers capping a burning oil well. Basra, Iraq. 03-04-2003 MOD 45142639.jpg
Um soldado britânico perto de uma refinaria de petróleo em chamas, nas cercanias de Baçorá.
Data 21 de março6 de abril de 2003
Local Baçorá, Iraque
Desfecho Vitória da coalizão
  • Forças britânicas ocupam a cidade;
Beligerantes
Flag of Iraq (1991–2004).svg Iraque  Reino Unido
 Estados Unidos
 Austrália
Baixas
395 – 515 mortos[1]
14 tanques destruídos
~ 11 mortos[2]

A Batalha de Baçorá foi um confronto militar que durou de 21 de março de 2003 até 6 de abril do mesmo ano e foi uma das primeiras batalhas da invasão do Iraque de 2003. Tropas britânicas, apoiados por americanos e australianos, lutaram pela posse da segunda maior cidade iraquiana, Baçorá, que era defendida por unidades do exército iraquiano e de guerrilheiros fedayin. A maioria dos combates aconteceram em ambiente urbano com os militares de Saddam não conseguindo montar uma defesa coesa. A luta durou apenas duas semanas e nela aconteceu uma das maiores batalhas entre tanques de guerra da história recente, a 27 de março, quando pelo menos 14 blindados iraquianos foram destruídos pelos veículos britânicos.[3]

Referências

  1. «Wages of War—Appendix 1. Survey of reported Iraqi combatant fatalities in the 2003 war». Commonwealth Institute of Cambridge. Consultado em 21 de fevereiro de 2010 
  2. «Operation Iraqi Freedom: Iraq Coalition Casualties: Military Fatalities». icasualties.org. Consultado em 21 de fevereiro de 2010. Cópia arquivada em 26 de março de 2010 
  3. "British troops move into Basra". Página acessada em 2 de dezembro de 2014.