Abrir menu principal

Wikipédia β

Batalha de Bloody Ridge

Batalha de Bloody Ridge
Guerra da Coreia
Data 18 de agosto - 5 de setembro de 1951
Local Província de Gangwon, Coreia do Sul
Desfecho Vitória das Nações Unidas
Beligerantes
Flag of the United Nations.svg ONU:
Coreia do Norte
 China
Forças
2ª Divisão de Infantaria americana +15,000 combatentes
Baixas
2,700 soldados mortos ou feridos[carece de fontes?] 8,000 mortos[carece de fontes?]
7,000 feridos[carece de fontes?]

A Batalha de Bloody Ridge, ou batalha do Cume Sangrento, foi um confronto militar terrestre que ocorreu durante a Guerra da Coreia, de 18 Agosto a 5 de setembro de 1951.[1]

Localizado em colinas ao norte do Paralelo 38, na cordilheira coreana central, a batalha foi travada entre tropas comunistas da Coreia do Norte contra as forças das Nações Unidas da República da Coreia e dos Estados Unidos.[2] Na batalha, os soldados da ONU atacaram posições inimigas no condato de Yanggu. Após duas semanas de sangrentas lutas, as forças norte-coreanas bateram em retirada.[3] Os ganhos militares e estratégicos desta batalha ainda são discutíveis.[4]

Referências

  1. Blair, Clay (1987). The Forgotten War. New York: Times Books. ISBN 5-550-68614-7.
  2. T. R. Fehrenbach (1964). This Kind of War: The Classic Korean War History. New York: Macmillan. ISBN 0-02-881113-5.
  3. Allies Capture 'Bloody Ridge' - Toledo Blade, Sep. 5, 1951. Página acessada em 25 de maio de 2013.
  4. (2002). Spencer C. Tucker (Ed.), Encyclopedia of the Korean War: A Political, Social, and Military History. New York: Checkmark Books. ISBN 0-8160-4682-4.

Ligações externasEditar