Batalha de Riade (1902)

Batalha de Riade
Masmak castle.jpg
Castelo de Masmak
Data 13 de janeiro de 1902
Local Riade, Arábia Saudita
Desfecho Ibn Saud capturou com sucesso Riade
Estabelecimento do Emirado de Riade
Morte de Ibn Ajlan
Beligerantes
Flag of the Emirate of Ha'il.svg Emirado de Ha'il Casa de Saud
Comandantes
Flag of the Emirate of Ha'il.svg Ibn Ajlan Abd al-Aziz Al Saud
Forças
60 68
Baixas
30 mortos 7 mortos


A Batalha de Riade foi uma pequena batalha da Guerra da Unificação entre os Rashidi e os rebeldes Sauditas. Ocorreu em 13 de Janeiro de 1902, no Castelo de Masmak, em Riade, capital da atual Arábia Saudita.

No final de 1901, após o fim do Segundo Estado Saudita, o clã Al Saud foi forçado a se mudar para o Kuwait depois que Riade caiu para a família Al Rashid. Abdulaziz ibn ibn Saud, chefe do clã, pediu suprimentos e homens ao Emir do Kuwait Mubarak Al-Sabah para retomar a sua cidade natal. O príncipe Kuwaitiano, que também esteve envolvido em várias guerras com os Rashidis, acedeu ao pedido de Ibn Saud e deu-lhe cavalos e armas.

Em Janeiro de 1902, Ibn Saud e seus homens retornaram a Riade e atacaram com sucesso o castelo. Ele capturou e matou Ibn Ajlan (chefe de Riade) depois das preces matinais, e Abdulaziz segurou a cabeça de Ibn Ajlan e a lançou para o povo de Riade.[1]

A vitória de Abdulaziz marcou o início de três décadas de combates que o levariam a unir quase toda a Arábia Central sob seu governo. Também marcou o início do Terceiro Estado Saudita, que evoluiu para a atual Arábia Saudita.

ReferênciasEditar