Abrir menu principal
Batalha do Lago Fucino
Guerra Social (91-88 a.C.)
Data 89 a.C.
Local Lago Fucino, Itália
Desfecho Vitória dos mársios
Beligerantes
República Romana República Romana   Liga Italiana
Comandantes
República Romana Lúcio Pórcio Catão     Desconhecido
Lago Fucino está localizado em: Itália
Lago Fucino
Localização do Lago Fucino no que é hoje a Itália

A Batalha do Lago Fucino foi travada em 89 a.C. entre um exército da República Romana, liderado pelo cônsul Lúcio Pórcio Catão, e as forças rebeldes das cidades italianas lideradas pelos mársios durante a Guerra Social. Os romanos foram derrotados e Pócio Catão acabou morto durante um ataque ao acampamento inimigo.

HistóriaEditar

Segundo as fontes, os romanos estavam vencendo os rebeldes quando foram surpreendidos pela morte de Catão, pelas mãos do inimigo ou, especula-se, pelos próprios romanos por ordem de Caio Mário, o Jovem, que estava preocupado que a vitória de Catão pudesse ofuscar a vitória de seu pai sobre os cimbros na Guerra Cimbria mais de uma década antes[1][2].

A existência desta batalha foi confirmada por estudos arqueológicos realizados às margens do lago. Entre as descobertas estão um cone de chumbo e um pequeno anel de ferro, interpretados como sendo partes de uma arma empregada numa batalha. Além disto, uma inscrição em venético menciona uma pessoa chamada Floro Décio, confirmando a presença dos vênetos na batalha[nota 1][3].

NotasEditar

  1. O termo "Venécia" resulta da transformação ao longo da história do nome desta tribo.

Referências

  1. Olivieri, Luigi Pompili (1839). Annali di Roma (em italiano). [S.l.]: Perego-Salvioni 
  2. Paulo Orósio, Os Sete Livros de História Contra os Pagãos, CUA Press (2001), pg. 210
  3. Campanelli, A. (2001). Il Tesoro del lago, L'archeologia del Fucino e la collezione Torlonia (em italiano). [S.l.: s.n.]