Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Representação de uma Morpho octavia na Biologia Centrali-Americana (placa 11 - Rhopalocera)

A Biologia Centrali-Americana é uma enciclopédia sobre a história natural do México e da América Central, editado em 215 partes, de 1879 até 1915 por Frederick DuCane Godman e Osbert Salvin do Museu de História Natural de Londres.

Esta obra é ainda fundamental para o estudo das plantas e animais neotropicais, porque contém quase toda a biodiversidade conhecida do México e da América Central conhecida à altura da sua publicação.

Toda a série tem 63 volumes com 1677 placas litográficas (mais de 900 a cores), ilustrando mais de 18 mil assuntos. No total, 50263 espécies são tratadas, das quais 19263 são descritas como novas. A arqueologia foi adicionada ao projecto monumental devido às novas descobertas nessa área na região.

Desde que Biologia Centrali-Americana foi publicada, vários volumes são reeditados, mas no seu total a série é rara em bibliotecas e quase ausente em laboratórios de pesquisa da América Latina, onde é mais necessária.

O Smithsonian Institution está actualmente a digitalizar todo o trabalho para distribuição na internet.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Biologia Centrali-Americana