Abrir menu principal

Born Again (álbum de Black Sabbath)

Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Born Again
Álbum de estúdio de Black Sabbath
Lançamento 7 de agosto de 1983
Gravação "Manor Studio", Shipton on Cherwell, Oxfordshire, Inglaterra
Gênero(s) Heavy metal
Duração 41:08
Gravadora(s) Vertigo Reino Unido
Warner Bros. Records Estados Unidos
Castle
Sanctuary
Produção Robin Black e Black Sabbath
Cronologia de Black Sabbath
Live Evil
(1982)
Seventh Star
(1986)
Singles de Born Again
  1. "Trashed"
    Lançamento: 1983

Born Again é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda de heavy metal, Black Sabbath, lançado em 1983.

Índice

Mudança de formaçãoEditar

Após a polêmica sobre o mixagem do ao vivo Live Evil e a saída de Ronnie James Dio, e Vinny Appice da banda, Tony Iommi e Geezer Butler viram-se novamente sem vocalista e baterista. O escolhido para substituir Dio foi Ian Gillan, do Deep Purple, um dos maiores vocalistas da época, embora David Coverdale, do Whitesnake, fosse a primeira opção[1]. Gillan tinha acabado de sair de sua banda solo, para uma reunião do Deep Purple (que viria a acontecer só alguns anos depois) e estava livre para qualquer oferta. Bill Ward voltou e assumiu novamente a bateria.

RecepçãoEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic       [2]

O álbum foi lançado dia 7 de Agosto, com receios de que alguns fãs mais conservadores se recusassem a escutar o álbum, mas a critica e os números surpreenderam. O álbum ficou em 4 lugar nas paradas inglesas no primeiro mês após o lançamento. Canções como "Zero The Hero" e "Trashed" se tornaram clássicos e ganharam videoclipes. Born Again foi o único trabalho de Ian Gillan com o Black Sabbath, que deixou a banda em 1984 para gravar o álbum Perfect Strangers com o MK2 do Deep Purple.

Anos depois, os músicos do Black Sabbath não parecem gostar do álbum, em parte por causa da produção. Descobriu-se só após a mixagem final que um dos alto-falantes do amplificador da guitarra de Tony Iommi queimou durante as gravações e assim permaneceu[3], conferindo uma sonoridade única ao disco.

TurnêEditar

Para a turnê, Bill Ward, novamente por motivos de saúde, não pôde excursionar com a banda, e foi substituído por Bev Bevan, da banda ELO, na bateria. Foram gravados um extenso número de bootlegs dos shows da turnê de promoção do álbum, e Iommi até chegou a pensar no lançamento de um novo ao vivo, porém Gillan rejeitou a ideia, pois não gostou das capas feitas para o ao vivo. Na maioria dos shows a banda tocava "Smoke on the Water", do Deep Purple. Durante a turnê, ao receber um convite para se reunir com a MK2 do Deep Purple, Gillan deixou a banda, e Bevan saiu com ele. Novamente só restaram como Black Sabbath Iommi e Geezer. Geezer, muito desapontado, também deixou a banda (até 1992 quando gravaria o álbum Dehumanizer junto com Dio e Appice). A banda ainda se juntou em sua formação original para o Live Aid, mas se desfez novamente, pois Ozzy preferiu continuar seu trabalho solo.

FaixasEditar

Todas as canções compostas por Iommi/Gillan/Butler/Ward, exceto "Hot Line" e "Keep It Warm" por Iommi/Gillan/Butler.

N.º Título Duração
1. "Trashed"   4:16
2. "Stonehenge"   1:57
3. "Disturbing the Priest"   5:49
4. "The Dark"   0:46
5. "Zero the Hero"   7:33
6. "Digital Bitch"   3:40
7. "Born Again"   6:34
8. "Hot Line"   4:53
9. "Keep It Warm"   5:35

CréditosEditar

  • Ian Gillan - Vocais
  • Tony Iommi - Guitarra, flauta
  • Geezer Butler - Baixo
  • Bill Ward - Bateria
  • Geoff Nicholls - Teclados
  • Produzido por Robin Black e Black Sabbath
  • Arranjos por Robin Black e Steve Chase
  • Coordenação do álbum Baul Glarck
  • Masterizado por Hans Brethouwer no Umvex Tapes
  • Gravado no "Manor Studio", Shipton on Cherwell, Oxfordshire, Inglaterra
  • Equipamentos e Técnico de Guitarra Beter Resten
  • Design da Capa e Arte do álbum Steve Joule
  • Assistente de Arte Steve Barret
  • Empresariado por Don e David Arden
  • Remasterizado por Ray Staff no Whitfield Street Studios
  • Fotografia adicional por Ross Halfin e Chris Walter

CatálogosEditar

  • LP Warner Bros 23978-1 (USA 1983)
  • LP Vertigo 814 271-1 (UK 1983)
  • MC Vertigo 814 271-4 (1983)
  • CD Vertigo 814 271-2 (UK 1983)
  • CD Vertigo 814 271-2 (Germany July 1987)
  • CD Essential/Castle ESMCD334 (UK - Apr 1996) - Remastered
  • CD Sanctuary SMRCD075 (UK 2004)

Desempenho nas paradasEditar

Ano Posições Certificações
UK
[4]
NOR
[5]
SWE
[6]
US
[7]
GER
NZL
AUS
1983 4 14 7 39 37 44 53

Referências

  1. «Os 35 anos de 'Born Again', o único disco do Black Sabbath com Ian Gillan». Igor Miranda 
  2. Avaliação no allmusic
  3. «Black Sabbath: Born Again é um álbum injustiçado? (Resenha - Born Again - Black Sabbath)» 
  4. «UK Music charts». EveryHit.com. Consultado em 14 de fevereiro de 2008 
  5. «Discography Black Sabbath» (em Norwegian). VG-lista. Consultado em 14 de fevereiro de 2008 
  6. «Discography Black Sabbath» (em Swedish). VG-lista. Consultado em 14 de fevereiro de 2008 
  7. «Billboard charts». Billboard. Consultado em 14 de fevereiro de 2008