Abrir menu principal
Brasil Afri
Álbum de estúdio de Taiguara
Lançamento 1994
Gravação Studio Radio Progresso, Havana, Cuba. De Março a Abril de 1994
Gênero(s) MPB, Jazz, Latin Jazz
Duração 45:26
Idioma(s) Português, Espanhol
Formato(s) CD
Gravadora(s) MoviePlay
Produção Andres Pedroso Chaves, Paulinho Trompete
Cronologia de Taiguara
Canções de Amor e Liberdade
(1983)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
All Music 4.5 de 5 estrelas.[1]

Brasil Afri é o décimo terceiro e último álbum de estúdio do cantor, compositor e instrumentista brasileiro Taiguara, lançado no Brasil no ano de 1994. É o único álbum de Taiguara a ser lançado direto no formato de compact-disc, sem o lançamento do formato de long play. Dois anos após o lançamento deste álbum, Taiguara faleceria em São Paulo, devido a complicações de um câncer de bexiga.

É neste álbum, seu último, que finalmente é lançada de forma oficial a música O Cavaleiro da Esperança, música em homenagem ao comunista brasileiro Luiz Carlos Prestes, feita anos atrás e presente nas apresentações ao vivo de Taiguara.[2] Taiguara também regrava um de seus primeiros sucessos, "Hoje".

Brasil Afri, gravado em Havana, conta com a participação especial do conjunto cubano Grupo Manguaré e da atriz e cantora Zezé Motta.[3]

Índice

FaixasEditar

Todas as canções escritas e compostas por Taiguara
N.º Título Duração
1. "Maria José"   5:03
2. "Samba do Amor"   2:50
3. "Quem"   2:39
4. "Uvardente (Pétite Syrah)"   3:02
5. "Meu Amor, Santa Tereza"   3:00
6. "O Olhar"   4:00
7. "O Cavaleiro da Esperança"   2:57
8. "Ana e a Lua"   3:47
9. "Donde"   2:34
10. "Menino da Silva"   2:28
11. "A Norma" (Participação de Grupo Manguaré) 2:43
12. "África Mãe" (Participação de Zezé Motta) 1:50
13. "Hoje"   3:57
14. "Pr'a ser Brasileira"   4:31

Ficha técnicaEditar

MúsicosEditar

  • Taiguara - composição, voz, piano acústico, marimba, órgão e arranjos
  • Paulinho Trompete - produção musical, arranjos, trumpete e flugelhorn
  • Macaé - sax-tenor, sax-soprano, arranjos e orquestração
  • Luiz Alvez - contrabaixo acústico
  • Robertinho Silva - pandeiro e bateria nas faixas 1,2,4,5,12 e 13
  • Ivan Conti (mamão) - bateria nas faixas 3, 6-11 e 14
  • Raphael Rabello - violão de sete cordas na faixa 10
  • Ubirajara Silva - bandoneon
  • Nivaldo Ornelas - flauta em sol e flauta em dó
  • Joelson Lima - cavaquinho e violão
  • Cristina Braga - harpa
  • Laudir de Oliveira - surdo, tamborim, agogô, "ovinho", cuíca, carrilhão, caveira de burro, congas e triângulo
  • Beto Lopez - congas, bongô, claves, quinto, efeitos e direção rítmica na faixa 9
  • João Carlos - berimbau
  • Silvinho - pandeiro na faixa 10
  • Pirulito - repinique (repique)
  • Ovídio Brito - cuíca
  • Raul de Souza, Paulinho Trompete, Joelson Lima e Taiguara - coro na faixa 14

Participação especialEditar

Referências

Ligações externasEditar