Abrir menu principal

Bureau d'Enquêtes et d'Analyses pour la Sécurité de l'Aviation Civile

Bureau d'Enquêtes et d'Analyses pour la Sécurité de l'Aviation Civile
Fullsizeoutput 6383 47351549981 o.jpg
História
Fundação
Quadro profissional
Tipo
Sede social
País
Organização
Website

O Bureau d'Enquêtes et d'Analyses pour la Sécurité de l'Aviation Civile (BEA) (Escritório de Investigações e Análises para a Segurança da Aviação Civil) é uma agência do governo francês, criada em 1946, com a missão de investigar acidentes aéreos e fazer recomendações de segurança baseadas nos resultados dessas investigações. Está sediado em Le Bourget, nos subúrbios de Paris, na França.

Conforme o Relatório Anual de 2012, em 31 de dezembro daquele ano o BEA possuía 96 funcionários, (45 engenheiros, 15 técnicos, 14 funcionários operacionais e 22 funcionários administrativos).[1]

Em 2012 foram emitidas 69 recomendações de segurança, sendo 25 delas decorrentes da investigação do acidente com o voo AF 447.
Do total das recomendações, as que se destacaram foram as referentes a manutenção (22%), certificação/ergonomia (20%), treinamento da tripulação (19%) e procedimentos operacionais/documentação (17%).[1]

O organograma do BEA consiste de uma Diretoria Geral (cargo exercido por Jean-Paul Troadec),[2] à qual estão subordinados:

  • Diretoria de Gabinete
  • Secretaria Geral
  • Departamento de Informações e Relações Públicas
  • Departamento de Investigações
  • Departamento de Engenharia

Fonte: BEA (2013) [3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Annual Report 2012» (PDF) (em inglês). BEA. Consultado em 28 de setembro de 2013 
  2. «Jean-Paul Troadec» (PDF) (em francês). BEA. Consultado em 28 de setembro de 2013 
  3. «BEA Organisation Chart» (em inglês). BEA. Consultado em 28 de setembro de 2013 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre a França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.