Abrir menu principal

CBS Reports foi o título dado a uma série de documentários produzidos pela divisão de notícias da emissora CBS de 1959 até a década de 1990. CBS Reports foi exibido como uma série dentro de 60 Minutes, uma série independente ou simplesmente episódios especiais individuais. O programa foi exibido como uma série regular de 1959 a 1971. Episódios notáveis incluem "Haverst of Shame", sobre a saga dos trabalhadores migrantes nos Estados Unidos (produzido por Edward R. Murrow e vencedor do Prêmio Peabody), e "The Homosexuals", primeiro programa sobre a homossexualidade exibido numa rede comercial de televisão. "The Homosexuals" foi criticado por apresentar os homossexuais estadunidenses de maneira negativa.

O nome CBS Reports foi ressuscitado em 2008, com a série de reportagens "CBS Reports: Children of the Recession". No entanto, ao invés de um único documentário, consistia de várias reportagens em todas as plataformas da CBS. Katie Couric apresentou as reportagens. A série venceu o Prêmio Alfred DuPont da Columbia University Graduate School of Journalism. Em janeiro de 2010, uma segunda série apresentada por Couric, "CBS Reports: Where America Stands", foi exibida.

Uma porção do hino religioso tradicional "Simple Gifts" é usado como música-tema de CBS Reports.

OrigemEditar

CBS Reports estreou em 27 de outubro de 1959..[1] O programa foi concebido como sucessor do influente See It Now de Edward R. Murrow, cujo episódio final havia sido exibido 15 meses antes e trazia diversos membros da equipe de produção de See It Now.[1] Nos anos de 1959 e 1960, CBS Reports foi transmitido de maneira irregular, como uma série de episódios especiais.[1]

A emissora deu a CBS Reports um horário regular no horário nobre em janeiro de 1961, às 22 horas nas quintas-feiras.[1] Isso fez com que concorresse com programas extremamente populares como The Untouchables na ABC e Sing Along With Mitch na NBC.[2] Consequentemente, um grande número de afiliadas da CBS decidiu não exibir CBS Reports, exibindo programas produzidos localmente no lugar.[2]

Quando as emissoras enunciaram sua programação para o outono de 1962, Sing Along With Mitch e The Untouchables haviam sido movidos do horário de quinta-feira. Ainda assim, a CBS decidiu mover CBS Reports para as quartas-feiras às 19:30, explicando que "o horário mais cedo irá permitir que mais jovens assistam ao programa".[2] No entanto, essa nova mudança colocou CBS Reports como concorrente de dois líderes de audiência, The Virginian na NBC e Wagon Train na ABC.[2]

CBS Reports continuou a ser exibido às quartas-feiras até o outono de 1965, quando a CBS colocou Lost in Space no horário das 19:30 e mudou CBS Reports para as terças-feiras às 22:00, em concorrência com The Fugitive na ABC e Tuesday Night at the Movies na NBC.[3]

Referências

  1. a b c d Brooks, Tim & Marsh, Earle. (1979). The Complete Directory to Prime Time Network and Cable TV Shows 1946–Present. Ballantine Books, p. 95.
  2. a b c d Harding, Henry. (1962, April 28-May 4). For The Record. TV Guide, New York State Edition, p. 14-1.
  3. Brooks, Tim & Marsh, Earle. (1979). The Complete Directory to Prime Time Network and Cable TV Shows 1946–Present. Ballantine Books, pp 738-745.