Clube Desportivo Travadores

(Redirecionado de CD Travadores)

O Clube Desportivo Travadores, fundado em 1928 por um grupo de jovens com idades entre 15 e 19 anos, na cidade de Praia, na ilha de Santiago, é reconhecido como um dos grupos esportivos mais antigos do país. O presidente atual é Armindo Oliveira, e o treinador é Tazinho.

CD Travadores
Nome Clube Desportivo Travadores
Alcunhas Indios
Águias
Fundação 15 de outubro de 1930 (93 anos)[1]
Estádio Estádio da Várzea
Capacidade 8 000
Presidente Cabo Verde Armindo Oliveira[2]
Treinador(a) Cabo Verde Tazinho
Competição Liga Insular de Santiago (Sul)
7a (2015-16)
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História editar

Na sua trajetória, é registrado que a data oficial de fundação do Clube Desportivo Travadores foi 15 de outubro de 1930,[1] marcando o início de um clube que, ao longo dos anos, empreendeu consideráveis esforços na educação desportiva e cívica, assim como no desenvolvimento cívico, mental e social dos jovens.

Inicialmente, a equipe usava camisolas brancas e calções pretos, jogando a maioria descalça. Posteriormente, adotaram camisolas com riscas verticais vermelhas e brancas e calções brancos. A influência de um benfiquista português levou à mudança para camisolas vermelhas e calções brancos, semelhantes ao Sport Lisboa e Benfica, com as iniciais C.D.T. e S.L.B. diferenciando-os.

O primeiro estatuto foi publicado em 25 de maio de 1939 (Alvará nº 3). Ao longo do tempo, o estatuto foi ajustado para se alinhar com inovações na prática desportiva, uma preocupação que persiste nas atividades atuais.

Em 11 de agosto de 1987, o Clube recebeu o Estatuto de "Instituição de Utilidade Pública" pela Portaria nº 18/87.

Antes da Independência, o clube ampliou sua presença além da Capital, conquistando dois títulos de Campeão de Cabo Verde nas temporadas 1971/1972 e 1973/1974. O 50º aniversário foi celebrado em 1980.

Após a Independência, o clube conquistou dois títulos nacionais em 1993/1994 e 1995/1996, além de quatro títulos regionais de Santiago Sul. Internacionalmente, participou em competições da Confederação Africana de Futebol (CAF) desde 1993, incluindo a Taça de África de Clubes Campeões em 1994/1995 e a Liga dos Campeões de África em 1997.

Ao longo de mais de oito décadas, notáveis jogadores cabo-verdianos vestiram a camisola do clube, contribuindo para sua história. O Clube Desportivo Travadores, um dos mais antigos de Cabo Verde, mantém uma sólida base de fãs na Capital, incluindo a claque organizada "Os Índios".

O último registro de participação no campeonato nacional foi em 2003, e o clube celebrou seu 75º aniversário em 2005.

Desde setembro de 2014, a Direção presidida por Armindo Oliveira busca revitalizar o clube, melhorando seu desempenho desportivo e dedicando atenção especial aos atletas, técnicos e associados, com o apoio da sede social e dos compromissos do novo projeto desportivo. Recentemente, Travadores encerrou a temporada de 2017 na sétima posição por dois anos consecutivos.

Estádio editar

 
Estádio da Várzea

O clube joga no Estádio da Várzea. Outros clubes populares a jogar no estádio são o Sporting, Boavista FC, Académica da Praia, Vitória, Desportivo e recentamente o outro afiliado de SL Benfica Benfica da Praia.

O clube treina no estádio e Campo de Sucupira justamente ao norte do estádio.

Uniformes editar

As cores do equipamento principal são o vermelho por jogos casas e preto com meia vermelho por jogos visitadores ou alternativas.

Uniforme de casa até temporada de 2014


Rivalidades editar

O Travadores tem como principais rivais[3] o Sporting Praia (CD Travadores x Sporting Clube da Praia) e Desportivo da Praia.

Títulos editar

1972, 1974, 1994, 1996
Taça de Cabo Verde :1
2022
1959/60, 1965/66, 1967/68, 1971/72, 1973/74, 1993/94, 1995/96
2002/03
2013

Histórias da liga e copas editar

Palmarés editar

Escalão Nº Presenças Títulos Melhor Classificação
I 6 1 Campeão
II 50 5 1a

Jogos africanos editar

Ano Competição Rodado Clube Casa Visitador
1993 Taça de CAF de 1995 1a rodada Air Mauritanie de Nouakchott 0-0 0-0 (5-6 pen.)
1995 African Cup of Champions Clubs 1993 Preliminário Real de Banjul 0-0 1-0
1997 Liga dos Campeões da África de 1997 Preliminário USM Alger 1-3 6-1

Classificações editar

Era colonial (ou provincial) editar

Ano Finais Clube
1 2
1960 Perdeu CS Mindelense
1966 Perdeu CS Mindelense?
1972 2–2 1–0 Académica (Mindelo)

Nacionais (fase grupo) editar

Temporada Div Pos Pts J V E D G.M. G.S. Diff.
2000 1A 4 1 pts 2 0 1 1 2 3 -1
2003 1B 2 7 pts 4 2 1 1 7 4 +3

Regionais editar

Temporada Div Pos Pts J V E D G.M. G.S. Diff.
2007-08 2 4 28 pts 18 8 4 6 23 19 +4
2008-09 2 8 13 pts 18 2 7 9 10 26 -16
2010-11 2 8 20 pts 18 5 5 8 14 33 -19
2011-12 2 6 24 pts 18 7 3 8 21 21 0
2012-13 2 8 18 pts 18 4 6 8 19 21 -2
2013-14 2 2 43 pts 18 13 4 1 37 10 +27
2014-15 2 8 16 pts 18 5 1 12 17 38 -21
2015-16 2 7 28 pts 22 7 7 8 26 31 -5
2016-17 2 7 25 pts 22 7 4 11 34 48 -14

Estatísticas editar

  • Melhor posição: 1° Rodada (continental)
  • Melhor posição na competições das taças: Ronda Preliminário (continental)
  • Melhor pontos totais na temporada: 7 pontos (nacional)
  • Gols totais na competições continental: 2 gols
  • Jogos totais na competição continental: 6
    • CAF Liga de Campeões: 4
    • Copa de Venceadores de África: 2
Outros:
  • Apresentatas na Taça de GAFT: Um, em 2018

Notas editar

  1. a b «Lista de datas de fundações de clubes da ilha de Cabo Verde». Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation (RSSSF). 17 de janeiro de 2019. Consultado em 6 de agosto de 2019 
  2. «Nova Direcção Dos Travadores Promete Continuidade De Tazinho Na Equipa Técnica». Criolosport. 21 de setembro de 2014. Consultado em 23 de setembro de 2014 
  3. «"Clássicos" na Praia, Sal, São Vicente e São Nicolau». ASemana.com. 10 de janeiro de 2009. Consultado em 27 de junho de 2012 

Ligações externas editar