CNET Networks Incorporated é uma empresa de mídia de San Francisco, Califórnia co-fundada em 1993 por Halsey Minor e Shelby Bonnie.[1] Tem operações em 12 países.

Nos anos 90, a CNET produziu vários programas de televisão sobre computadores, tecnologia e a Internet (na época, ainda não muito popular).[2][3] Estes programas foram CNET Central, The Web e The New Edge. CNET Central foi criado primeiro e foi ao ar nos Estados Unidos. Depois, passou para o canal Sci Fi junto com The Web e The New Edge.[4] Depois, veio TV.com. Produziu, também, um programa de notícias de tecnologia chamado News.com em 1999, que foi ao ar pela CNBC mas foi cancelado em 2001.

Em 2000, a CNET Networks adquiriu o site de compras mySimon por 700 milhões de dólares.

Em Outubro de 2000, a CNET adquiriu a ZDNet por aproximadamente 1,6 milhão de dólares.

Em maio de 2008, foi anunciada a aquisição da CNET Networks pela CBS Corporation, no valor de US $ 1,8 bilhão.[5][6]

Em setembro de 2020, a companhia foi vendida por Us$ 500 milhões para a Red Venture.[7]

CNET lança vídeos em seus sites, numa forma de interatividade e tecnologia. Geralmente consistem em análises de produtos e de vídeo games, trailers, etc.

Referências

  1. Progress, NATE DELESLINE III AND K. BURNELL EVANS The Daily. «CNET founder Halsey Minor files for personal bankruptcy». Richmond Times-Dispatch (em inglês). Consultado em 18 de setembro de 2020 
  2. Alter, Alexandra (2 de março de 2016). «Tech Site CNET Tries Something Completely Different: Publishing Fiction». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 18 de setembro de 2020 
  3. «ViacomCBS to Sell CNET for $500 Million to Red Ventures | Hollywood Reporter». www.hollywoodreporter.com. Consultado em 18 de setembro de 2020 
  4. Sterling, Christopher H. (13 de maio de 2013). Biographical Dictionary of Radio (em inglês). [S.l.]: Routledge 
  5. «SECURITIES AND EXCHANGE COMMISSION» (PDF). Sec Database. 15 de maio de 2008. Consultado em 18 de setembro de 2020 
  6. «G1 > Tecnologia - NOTÍCIAS - CBS compra portal de tecnologia Cnet por US$ 1,75 bilhão». g1.globo.com. Consultado em 18 de setembro de 2020 
  7. Spangler, Todd; Spangler, Todd (14 de setembro de 2020). «ViacomCBS Reaches Deal to Sell CNET for $500 Million to Marketing Firm Red Ventures». Variety (em inglês). Consultado em 18 de setembro de 2020 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar