Abrir menu principal

Caio Cornélio Cetego

Caio Cornélio Cetego
Cônsul da República Romana
Consulado 197 a.C.

Caio Cornélio Cetego (em latim: Gaius Cornelius Cethegus) foi um político da gente Cornélia da República Romana eleito cônsul em 197 a.C. com Quinto Minúcio Rufo.

Primeiros anosEditar

Em 200 a.C., foi o comandante do exército romano na Hispânia como procônsul, uma posição que alcançou antes de ser edil, função para a qual foi eleito in absentia em 199 a.C. e, ainda assim, organizou magníficos jogos.[1]

Consulado (197 a.C.)Editar

Em 197 a.C., foi eleito cônsul com Quinto Minúcio Rufo e ambos receberam a Itália como província, coordenando suas ações estrategicamente. Minúcio atacou gauleses e lígures,[2][3] avançou até Genua (moderna Gênova) e invadiu a Ligúria. Depois, cruzou os Apeninos e arrasou o território dos gauleses boios, cujo pedido de ajuda aos ínsubres não obteve resposta.[4]

Cetego, enquanto isso, atacou os ínsubres e cenomanos, conseguindo uma vitória numa batalha campal que resultou na morte de 35 000 inimigos e na captura de de 5 200 prisioneiros.[5] Os relatos dos dois comandantes enviados a Roma foram comemorados com um decreto de um supplicatio ("ação de graças") de quatro dias e os dois se apresentaram no Templo de Belona para pedirem, juntos, um triunfo. Dois tribunos da plebe, porém, tentaram bloquear o pedido de Minúcio e, depois de dois dias de discussão, ele próprio desistiu do pedido. Cetego reapresentou seu pedido, que o Senado aprovou por unanimidade ("omnium consensu").[6][7]

Anos finaisEditar

Em 194 a.C. foi eleito censor com Sexto Élio Peto Cato[8] e, no ano seguinte, ainda durante o seu lustrum, foi mediador, juntamente com Marco Minúcio Rufo e Cipião, o Africano, entre Massinissa, rei dos númidas, e os cartagineses.[9]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Lívio, Ab Urbe Condita XXXI 49, 50.
  2. Políbio 18.11.2 e 12.1.
  3. Lívio, Ab Urbe Condita XXXII 28.8.
  4. W.V. Harris, "Roman Expansion in the West," in The Cambridge Ancient History (Cambridge University Press, 1989, 2nd ed.), vol. 8, p. 112 (em inglês)
  5. Lívio, Ab Urbe Condita XXXII 29–31.
  6. Lívio, Ab Urbe Condita XXXIII 22–23.
  7. Broughton, pp. 332–333.
  8. Lívio, Ab Urbe Condita XXXIII 23.
  9. Lívio, Ab Urbe Condita XXXIV 44, 62.

BibliografiaEditar

Fontes primáriasEditar

Fontes secundáriasEditar

  • Broughton, T. Robert S. (1951). The Magistrates of the Roman Republic. Volume I, 509 B.C. - 100 B.C. (em inglês). I, número XV. Nova Iorque: The American Philological Association. 578 páginas 
  • (em alemão) Carolus-Ludovicus Elvers: C. Cethegus, C. [I 11]. In: Der Neue Pauly (DNP). Volume 3, Metzler, Stuttgart 1997, ISBN 3-476-01473-8, Pg. 170.