Caio Servílio Aala (cônsul em 427 a.C.)

Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Caio Servílio Aala, o herói romano e assassino de Espúrio Mélio. Para outros significados, veja Caio Servílio Estruto Aala.

Caio Servílio Estruto Aala (em latim: Gaius Servilius Structus Ahala) foi um político da gente Servíllia nos primeiros anos da República Romana eleito cônsul em 427 a.C. com Lúcio Papírio Mugilano[1].

Caio Servílio Aala
Cônsul da República Romana
Consulado 427 a.C.

IdentificaçãoEditar

É possível que Caio Servílio Aala, o cônsul de 427 a.C., que Lívio chama de "Aala" (em latim: Ahala) e o tribuno de 419 a 417 a.C., Caio Servílio Áxila, cujo cognome apresentado nos Fastos Capitolinos é "Áxila" (Axilla), sejam duas pessoas diferentes[2].

Consulado (427 a.C.)Editar

Durante seu mandato, a situação em Roma estava gradualmente melhorando depois da terrível epidemia dos anos anteriores[3]. Os romanos estavam preocupados com a nova ameaça que os veios pareciam estar preparando para retomar a guerra sem cumprir com os termos do tratado de 435 a.C., depois da Batalha de Nomento. Ainda assim, os cônsules não alistaram o exército e tentaram resolver a questão diplomaticamente enviando os feciais a Veios para obter uma satisfação, sem sucesso. Finalmente, os proponentes da guerra contra os etruscos venceram o debate e conseguiram juntar o exército, cujo comando foi entregue aos tribunos consulares consulares eleitos para o ano seguinte[1].

Ver tambémEditar

Cônsul da República Romana
 
Precedido por:
'Tito Quíncio Peno Cincinato II

com Aulo Cornélio Cosso

Caio Servílio Estruto Aala
427 a.C.

com Lúcio Papírio Mugilano

Sucedido por:
'Tito Quíncio Peno Cincinato

com Caio Fúrio Pácilo Fuso
com Marco Postúmio Albo Regilense
com Aulo Cornélio Cosso


Referências

  1. a b Lívio, Ab Urbe condita libri IV, 2, 30
  2. Broughton 1951, p. 66.
  3. Broughton 1951, p. 66.

BibliografiaEditar