Calçada Marquês de Abrantes

A Calçada Marquês de Abrantes é um arruamento da cidade de Lisboa, situado nas freguesias da Estrela, antiga freguesia de Santos-o-Velho e da Misericórdia.[1] O arruamento tem início no Largo do Conde Barão e termina na Rua de Santos-o-Velho. A calçada foi criada depois de 1755, durante a reconstrução de Lisboa estando presente edificações da arquitetura pombalina.[2]

EdifíciosEditar

 
Palácio do Marquês de Abrantes, na Calçada Marquês de Abrantes, em Santos-o-Velho, hoje Embaixada da França.

Da embaixada de França até à Avenida Dom Carlos I há vários edifícios pombalinos que foram mandados construir pelo Visconde de Mira-Vouga. António Pinto Bastos, Mestre Engenheiro, autor de vários engenhos importantes, de entre os quais se destaca o contador da Água (existe um exemplar hoje exposto no Museu da Água) viveu, trabalhou e morreu no número 103, no Rés-do-Chão e 1º andar. A sua Metalomecânica-Fábrica, situava-se no Nº101 e 99. O resto da rua tem edifícios valiosos de onde se destaca no lado Norte um edifício de azulejos azuis, a par de outros exemplares da arquitectura oitocentista.

O Palácio onde se situa a embaixada, que deu o nome à rua, é o palácio do Marquês de Abrantes.[3] Neste edifício, exemplar na sua arquitectura, existe uma sala onde se pode observar o tecto cheio de pratos. Conta-se que cada vez que há uma catástrofe mundial, um prato cai inexplicavelmente. Outra curiosidade adossada à história do edifício passa por este ter sido o lugar escolhido por D. Sebastião para tomar o pequeno-almoço antes da partida para África.

Referências

  1. «Calçada do Marquês de Abrantes, Lisboa (Estrela, Santos-o-Velho)» (em espanhol). Callejero de Portugal. Consultado em 24 de novembro de 2018 
  2. «Calçada Marquês de Abrantes». Câmara Municipal de Lisboa. Consultado em 24 de novembro de 2018 
  3. «Palácio Marquês de Abrantes (Embaixada de França)». Câmara Municipal de Lisboa. Consultado em 24 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Arruamentos, integrado no Projecto Grande Lisboa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.