Abrir menu principal
Planta da base

Camp Century foi uma base de pesquisa científica ártica das Forças Armadas dos Estados Unidos na Groenlândia.[1] está situada a 240 km a leste da Base Aérea de Thule. Ele fez parte do Projeto Iceworm para instalar locais para o lançamento de mísseis nucleares na Groenlândia. Alimentado por um reator nuclear, o campo operou de 1959 até 1967. A base consistia em 21 de túneis com um comprimento total de 3000 m.

Índice

HistóriaEditar

A construção do acampamento e do reator nuclear subglacial começou sem a permissão explícita do governo da Dinamarca, levando a um dilema político para o Primeiro-Ministro H. C. Hansen.[2]

Investigação científicaEditar

Amostras de núcleos de gelo obtidas em Camp Century foram usadas para criar análises de isótopos estáveis utilizadas para desenvolver modelos climáticos.[3][4][5]

Leitura complementarEditar

ReferênciasEditar

  1. «Inside the Army's Secret Cold War Ice Base» 
  2. «How the US built a mysterious military camp under the Greenland ice sheet» 
  3. William Sweet (February 2008). Kicking the Carbon Habit: Global Warming and the Case for Renewable and Nuclear Energy. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-231-13711-9  Verifique data em: |data= (ajuda)Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Chester C. Langway; Hans Oeschger; W. Dansgaard. Greenland Ice Core: Geophysics, Geochemistry, and the Environment. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-87590-057-5 
  5. Thomas M. Cronin (5 September 1999). Principles of Paleoclimatology. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-231-50304-4  Verifique data em: |data= (ajuda)
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.