Abrir menu principal

Campeonato Sul-Africano de Futebol de 2017–18

Campeonato Sul-Africano de Futebol de 2017–18
Dados
Participantes 16
Organização Premier Soccer League (PSL)
Gol(o)s 489
Partidas 240
Média 2,04 gol(o)s por partida
Campeão Mamelodi Sundowns (8.º título)
Vice-campeão Orlando Pirates
Promovido(s) Liga dos Campeões da CAF: Mamelodi Sundowns
Orlando Pirates
Taça das Confederações da CAF: Kaizer Chiefs
Free State Stars
Rebaixado(s) Ajax Cape Town
Platinum Stars
◄◄ 2016–17 Soccerball.svg 2018–19 ►►

A temporada de 2017–18 do Campeonato Sul-Africano de Futebol, também denominado como ABSA Premiership por razões de patrocínio, foi a vigésima segunda edição deste torneio desde a sua concepção em 1996.

Após trinta rodadas, o Mamelodi Sundowns conquistou sessenta pontos e sagrou-se campeão pela oitava vez em sua história. Com quatro pontos a menos, o Orlando Pirates qualificou-se para a Liga dos Campeões da CAF de 2018–19 juntamente com o campeão.[1] O Ajax Cape Town, por sua vez, terminou na última colocação e foi desqualificado para a National First Division de 2018–19.[2]

Índice

ParticipantesEditar

ClassificaçãoEditar

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Ascenso, Classificação o descenso
1 Mamelodi Sundowns (C) 60 30 18 6 6 49 24 +25 Liga dos Campeões da CAF de 2018–19
2 Orlando Pirates 55 30 15 10 5 41 26 +15
3 Kaizer Chiefs 48 30 12 12 6 27 22 +5 Taça das Confederações da CAF de 2018–19
4 Maritzburg United 44 30 11 11 8 36 23 +13
5 Cape Town City 40 30 11 7 12 26 27 −1
6 Free State Stars[nota 1] 40 30 10 10 10 29 31 −2 Taça das Confederações da CAF de 2018–19
7 SuperSport United 39 30 9 12 9 28 28 0
8 Golden Arrows 38 30 8 14 8 36 34 +2
9 AmaZulu 38 30 9 11 10 30 35 −5
10 Chippa United 37 30 7 16 7 27 26 +1
11 Bloemfontein Celtic 37 30 8 13 9 25 32 −7
12 Polokwane City 36 30 7 15 8 33 33 0
13 Bidvest Wits 36 30 9 9 12 27 36 −9
14 Baroka 34 30 7 13 10 32 38 −6
15 Platinum Stars 27 30 6 9 15 23 35 −12 Torneio Playoff
16 Ajax Cape Town[nota 2] (R) 24 30 6 6 18 21 40 −19 National First Division de 2018–19
Atualizado até aos jogos disputados em 19 de agosto de 2018. Fonte: PSL
Regras para classificação: 1) Pontos ; 2) Saldo de gols; 3) Número de gols marcados
(C) Campeão; (R) Descendido.
Notas:
  1. Free State Stars qualificou-se para a Taça das Confederações da CAF como vencedor da Nedbank Cup de 2017–18.[7]
  2. Ajax Cape Town teve três resultados atribuídos W.O.. O clube perdeu sete pontos devido à escalação de um jogador irregular.[8]

ArtilhariaEditar

Referências

  1. «Mamelodi Sundowns crowned Absa Premiership champions» (em inglês). Sport24. 28 de abril de 2018. Consultado em 17 de março de 2019. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2018 
  2. Said, Nick (18 de junho de 2018). «The PSL's promotion/relegation play-offs could be replayed if Ajax are successful» (em inglês). Times Live. Consultado em 17 de março de 2019. Cópia arquivada em 7 de agosto de 2018 
  3. «PSL approve AmaZulu-Thanda sale» (em inglês). Kick-Off. Consultado em 6 de julho de 2017. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2018 
  4. «South Africa's AmaZulu FC win promotion by buying league champions» (em inglês). BBC Sport. Consultado em 12 de julho de 2017. Cópia arquivada em 23 de junho de 2018 
  5. «PSL APPROVES AMAZULU-THANDA ROYAL ZULU SALE» (em inglês). Goal. Consultado em 6 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2019 
  6. Haden, Alexis (16 de agosto de 2017). «Who are the favourites to win the 2017/18 Absa Premiership title?» (em inglês). The South African. Consultado em 17 de março de 2019. Cópia arquivada em 31 de março de 2018 
  7. «Free State Stars lift Nedbank Cup trophy». Sport24 (em inglês). 19 de maio de 2018. Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2018 
  8. «Sanctions see Ajax Cape Town relegated after end of season». BBC Sport (em inglês). 15 de maio de 2018. Consultado em 15 de maio de 2018. Cópia arquivada em 15 de setembro de 2018 
  9. Ngcatshem, Phumzile (30 de maio de 2018). «MAMELODI SUNDOWNS' PERCY TAU WINS BIG AT 2017/18 PSL AWARDS» (em inglês). African Football. Consultado em 17 de março de 2019 

Ligações externasEditar