Abrir menu principal

A Campo das Letras foi uma editora livreira portuguesa fundada em 1994 no Porto por Jorge Araújo[1], com actividade relevante quer no âmbito do romance, da poesia e da literatura infanto-juvenil, quer do ensaio sobre temas políticos, económicos e sociais da actualidade.

Nos primeiros 13 anos de existência, a Campo das Letras publicou mais de 1200 títulos e criou 70 colecções, onde se integram as obras de quase 600 autores portugueses cerca de 400 estrangeiros.

Foi declarada a insolvência da editora em 10 de março de 2009[2]

Referências

  1. Sérgui Almeida (11 de Março de 2009). «O encerramento anunciado da Campo das Letras». Jornal de Notícias / Cultura. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 
  2. A Juíza de Direito, Isabel Maria A. M. Faustino. — O Oficial de Justiça, Miguel Real. (16 de Junho de 2009). «1.º JUÍZO DO TRIBUNAL DE COMÉRCIO DE VILA NOVA DE GAIA» (PDF). Diário da República, 2.ª série — N.º 114. Consultado em 16 de fevereiro de 2013 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.