Campus Watch, criado em 2002, é um website do Middle East Forum, um "think tank" (centro de reflexão) baseado em Filadélfia, EUA. De acordo com o site, ele "analisa e critica os estudos sobre o Médio Oriente na América do Norte com o objetivo de os melhorar". O site diz abordar principalmente cinco problemas: "falhas analíticas, a mistura da política com a erudição, a intolerância de visões alternativas, apologética e o abuso de poder sobre os estudantes". Afirma respeitar plenamente " a liberdade de expressão daqueles que debate, insistindo na sua própria liberdade de comentar as suas palavras e actos."[1] O site foi fundado por Daniel Pipes, sendo seu director Winfield Myers.

Os críticos da Campus Watch afirmam que é uma organização de lobby pró-Israel envolvida em assediar, colocar em listas negras ou intimidar acadêmicos críticos de Israel.[2][3][4] Segundo John Mearsheimer, o Campus Watch encorajava os estudantes a relatar comentários ou comportamentos de professores que pudessem ser considerados hostis a Israel. [5]

Daniel Pipes responde: "Campus Watch está para os estudos do Médio Oriente como a análise política para a política, a crítica de cinema para filmes, e relatórios de consumo para o fabrico; nós fornecemos avaliações para o público. Ao contrário dos políticos, atores e executivos de negócios, que aceitam críticas com boa vontade, os acadêmicos uivam de ressentimento ao serem julgados" [6].

Ver também editar

Referências

  1. https://www.meforum.org/campus-watch
  2. «O Lobby de Israel». Novos estud. - CEBRAP no.76 São Paulo Nov. 2006 
  3. Pipes, Daniel; Massing, Michael (13 de julho de 2006). «Campus Watch» (em inglês). ISSN 0028-7504 
  4. McNeil, Kristine (11 de novembro de 2002). «The War on Academic Freedom» (em inglês). ISSN 0027-8378 
  5. Mearsheimer, John J. (e outro) (2007). The Israel Lobby and US Foreign Policy. [S.l.]: Penguin Books. p. 179 
  6. Pipes, Daniel. «Is Campus Watch Part of a Conspiracy? [On Mearsheimer-Walt and "The Israeli Lobby"]». Daniel Pipes (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2019