Cantão de Negros

A Cantão da Ilha de Negros (em castelhano: Cantón de la Isla de Negros; em inglês: Negros-Island Canton) foi uma entidade revolucionária de curta duração, e mais tarde, uma divisão administrativa que existiu sob a soberania filipina e depois estadunidense.[1][2][3] Recebeu esta denominação em decorrência da Ilha de Negros.

Cantão de Negros
Cantão da Ilha de Negros
Cantão do(a) Filipinas
 
1898–1901

Negros.png
Capital Bacólod
Atualmente parte de Região de Negros,  Filipinas

Governo Cantão republicana
Líder Presidente
Aniceto Lacson
Melecio Severino (como Governador Geral das Províncias)
Período Neoimperialismo

Líderes republicanosEditar

Os líderes da cantão efêmera foram:[4]

Aniceto Lacson
(5 de novembro de 1898 - 27 de novembro de 1898)
5 de novembro de 1898 - 22 de julho de 1899

(Presidente em Negros Occidental somente até 27 de novembro de 1898)
Presidente
Demetrio Larena
(24 de novembro de 1898 - 27 de novembro de 1898)
5 de novembro de 1898 - 22 de julho de 1899

(Presidente em Negros Oriental unicamente)
Vice-Presidente
José Luzuriaga
22 de julho de 1899 - 6 de novembro de 1899
Presidente da Câmara dos Deputados
Eusebio Luzurriaga Secretário do Tesouro
Simeon Lizares Secretário do Interior
Nicolas Golez Secretário de Obras Públicas
Agustin Amenablar Secretário de Agricultura e Comércio
Juan Araneta Secretário da Guerra
Antonio Ledesma Jayme
24 de julho de 1854 - 9 de outubro de 1937
Secretário de Justiça
Melecio Severino
6 de novembro de 1899 - 30 de abril de 1901
Governador-Geral das Províncias

ReferênciasEditar

Referências