Abrir menu principal
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde julho de 2013).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2013).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fotografia do Comendador Carlos Kullberg com o colar da Ordem do Infante D. Henrique
Placa Toponímica da Rua Comendador Carlos Kullberg, na Freguesia de S. Pedro de Penaferrim no Concelho de Sintra

Carlos Jorge Kullberg, filho de Anders Boo Georg Kullberg e de Maria Helena Arouca Alegro Pereira, nasceu em Lisboa no dia 18 de Março de 1927. Casou-se com Odete Adelaide Fernandes de Almeida Ribeiro Kullberg e deste casamento nasceram dois filhos, em Lourenço Marques, Moçambique, quando ali desempenhou funções em comissão de serviço prolongada (1955-1976) na então Companhia Portuguesa Rádio Marconi, actualmente englobada no Grupo PT.

Desde muito jovem se mostrou um apaixonado pelos selos postais e o seu coleccionismo - a Filatelia - hobby que sempre o entusiasmou e onde mantém actividade apreciável. O seu desempenho desinteressado nesta área, incluindo uma das suas principais criações que mantém activa - o Álbum de Selos Enciclopédico e Histórico de Portugal - levaram à atribuição, no dia 2 de Junho de 2005, por sua Excelência o Presidente da República Dr. Jorge Sampaio, da Comenda da Ordem do Infante D. Henrique pela divulgação da cultura portuguesa pelo Mundo. A versão electrónica do mesmo, denominada "Álbum de Portugal", continua activa e actualizada e conta, no final de 2012 já com mais de 6 milhões de downloads de todas as partes do Mundo.

A sua actividade, principalmente desde a década de 60 do século passado, é multifacetada e deu um contributo importante para a divulgação e engrandecimento do seu hobby, a filatelia.

O Curriculum Vitae que se segue foi baseado em Carlos Kullberg (2006) in Álbum "Enciclopédico e Histórico" de Selos de Portugal, Álbum I (1853/1910).

Actividade Associativa e Organizadora

Foi sócio e dirigente do Clube Filatélico e Numismático de Moçambique de 1964 a 1976, data da sua extinção; Desempenhou diversos cargos directivos, incluindo Presidente da Direcção, entre 1965 e 1976.

É sócio activo do Clube Filatélico de Portugal.

A partir de 1965 desempenhou as funções de coordenador do Boletim do Clube Filatélico de Moçambique.

Ainda em Moçambique foi Presidente da Comissão Organizadora da Exposição Filatélica e Numismática "Lourenço Marques 70".

Foi Vice-Presidente da Direcção da Federação Portuguesa de Filatelia durante o ano de 1980.

Foi Presidente da Direcção da Federação Portuguesa de Filatelia de 1980 a 1987, durante quatro mandatos consecutivos, período no qual foi determinante a reorganizarão de toda a estrutura federativa, a sua instalação em sede própria e o reconhecimento pelo Conselho de Ministros como "Pessoa Colectiva de Utilidade Publica"

É, desde há mais de 2 décadas, Jurado do Quadro da Federação Portuguesa de Filatelia na classe de "Filatelia Tradicional". Mais recentemente, foi distinguido com a categoria de Jurado Sénior.

Foi Director da revista "Filatelia Lusitana", órgão Oficial da Federação Portuguesa de Filatelia, entre 1981 e 1987.

Foi um dos fundadores da Secção Filatélica da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Sintra e um dos criadores da sua revista A Filatelia.

Colaborou na organização de todos os Salões Filatélicos realizados em Sintra, a sua "terra adoptiva", alguns dos quais anteriores à própria fundação da referida Secção Filatélica.

Organizou, a convite dos CTT de Portugal, os Salões Comemorativos do Centenário do Selo de Macau, realizados em Lisboa, Porto e Macau em 1984.

Presidiu ao Congresso Luso-Brasileiro de Filatelia realizado em Lisboa, por ocasião da exposição "Lubrapex-84".

Participou, como representante de Portugal, nos Congressos Internacionais de Filatelia, realizados no Rio de Janeiro por ocasião da Exposição Internacional "Brasiliana-83", e em Roma por ocasião da Exposição Internacional "Italia-86".

Foi Membro da Comissão Organizadora do Salão Internacional de Filatelia "Europex-86", realizado em Lisboa.

Publicações e Actividades de Divulgação

É autor de mais de uma centena de artigos, estudos e crónicas de carácter filatélico, publicados em inúmeros jornais e revistas da especialidade, portuguesas e brasileiras.

A partir de Março de 1965, manteve com regularidade uma coluna filatélica no Boletim do Clube Filatélico de Moçambique, denominada Sabia..., que veio a continuar, a partir de 1985, na revista A Filatelia. Manteve uma coluna, com o mesmo nome, no jornal Noticias Filatélico, a partir de 1966.

Foi responsável, desde 1966, pela crónica filatélica Notícias de Moçambique, publicada regularmente no jornal Notícias Filatélico de Coimbra.

Manteve com regularidade uma coluna Erros & Defeitos na revista A Filatelia, desde 1986.

Foi o responsável por uma coluna filatélica quinzenal no jornal O Século nos anos de 1986 e 1987.

É responsável por uma página filatélica no Jornal de Sintra.

É o autor do "Álbum de Selos Enciclopédico e Histórico" lançado pelas Edições ITAU em 1977. Entre outras distinções, em concurso na Classe de Literatura Filatélica, obteve uma medalha de vermeil (prata dourada) na Exposição Filatélica Luso-Brasileira "Lubrapex"80".

Foi o autor e apresentador do Programa Filatelia Para Todos, difundido pela Rádio Televisão Portuguesa (RTP 1) em 1980 e 1981 e retransmitido em 2006-2007 na "RTP Memória" na RTP 2; a série é composta por 22 episódios, com a duração aproximada de 20 minutos cada.

Por convite dos CTT de Portugal, foi o autor do texto da pagela de apresentação, referente aos selos da emissão "Lubrapex"84".

É o autor do livro A Fauna em Selos, editado pelas Edições Latinas em 1987.

É Consultor Filatélico das Colecções Philae, tendo seleccionado os selos e elaborado os textos de apresentação dos:

- 36 selos reproduzidos em prata na colecção artística Selos Famosos do Mundo, apresentados em 1987;

- 51 selos em prata da colecção artística Historia de Portugal, em associação com a Caixa Geral de Depósitos, apresentados em 1995;

- 16 selos em ouro da colecção A Idade do Ouro da Filatelia, apresentados em 2000.

Foi o Consultor e principal colaborador da empresa A2Z Multimedia para a produção do CD-ROM Selos de Portugal - 1853-1997, primeiro CD-ROM sobre selos de Portugal que foi lançado por ocasião da Exposição Filatélica Internacional PORTUGAL-98.

Foi o responsável, no ano 2000, pela elaboração dos conteúdos filatélicos destinados a um portal da internet da Telecel, dedicado ao coleccionismo.

Foi, a convite do Serviço Nacional de Bombeiros e da Liga dos Bombeiros Portugueses, colaborador na elaboração da edição monumental do livro Bombeiros Portugueses - Seis Séculos de História - 1395-1995, apresentando o capítulo Os Bombeiros Portugueses na Filatelia (14 pág., ilust. a cores).

Colecções e Principais Classificações Obtidas

Possui uma colecção completa de Portugal e praticamente completa de todas as ex-colónias. Foi com a colecção de Portugal que começou, na década de 60 a elaborar, como auto-didacta, os textos batidos à máquina que mais tarde vieram a ser publicados no "Álbum de Selos Enciclopédico e Histórico de Portugal". Para além destas, tem organizadas colecções especializadas de Moçambique, países e territórios africanos coloniais e de diversas temáticas (e.g., “Centenário do Selo” e Telecomunicações), pelas quais obteve vários prémios nacionais e internacionais.

Por opção pessoal deixou de expor em competição a partir de 1988.

Prémios, Distinções e Nomeações Oficiais É titular do Certificate of Honor atribuído pela American Philatelic Society, em 1966, segundo filatelista português a receber esta distinção.

É detentor da Medalha de Serviços Inestimáveis da Federação Portuguesa de Filatelia (atribuída em 1966).

Recebeu Louvor do Tribunal de Lourenço Marques, para assuntos filatélicos, nos anos de 1970-74.

Desempenhou o cargo de Coordenador da Comissão para Assuntos Filatélicos, criada pelo Ministério das Comunicações da República Popular de Moçambique, no período de 1974-76.

É detentor da Medalha de Mérito da Federação Italiana de Sociedades Filatélicas. (atribuída em 1986).

Foi Presidente de Honra dos Jurados da Exposição Luso-Brasileira de Filatelia LUBRAPEX-86, realizada no Rio de Janeiro (a convite da respectiva Comissão Organizadora).

Foi, em 2005, agraciado por Sua Excelência o Presidente da Republica, Dr. Jorge Sampaio, com as insígnias de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

Em reunião camarária de Fevereiro de 2008, a Câmara Municipal de Sintra atribuiu, por unanimidade, à Freguesia de São Pedro de Penaferrim, o topónimo Rua Comendador Carlos Kullberg (filatelista) (coordenadas: 38°45'53.48"N 9°21'35.76"W).

Alguns Episódios de "Filatelia para Todos" podem ser vistos no Youtube.