Abrir menu principal
Question book.svg
este artigo não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Carlos Maria Della Paolera
Nascimento 7 de setembro de 1890
Buenos Aires, Argentina
Morte 15 de setembro de 1960
Buenos Aires, Argentina
Profissão urbanista

Carlos Paolera foi o ptimeiro sul-americano graduado no Instituto de Urbanismo da Universidade de Paris, onde estudou entre 1921 e 1928.

BiografiaEditar

Fundou o Instituto Superior de Urbanismo da Escola de Arquitetura da Universidade de Buenos Aires, em 1946, logo após a Segunda Guerra Mundial, após iniciativas para formar as primeiras cátedras de Urbanismo nas Escolas de Arquitetura de Rosário e Buenos Aires, na Argentina, entre 1929 e 1933.

 
A bandeira do urbanismo, criada por Paolera.

Desde 1916 Carlos Paolera publicava trabalhos sobre urbanismo. Em 1920 analisou o Plano Regulador de Paris e articipou ativamente no Congresso de Habitação, em Buenos Aires. Sua tese foi orientada por Marcel Poete.

Teve papel de destaque na criação do símbolo do urbanismo, aprovado no Congresso de Urbanismo de 1935, quando o dia 8 de novembro foi consagrado internacionalmente como o “Dia do Urbanismo”, já a partir do Congresso de Benzacon, no mesmo ano.

Foi homenageado na Cidade do Rio de Janeiro com o seu nome consagrado a uma Praça na Tijuca, no cruzamento das Ruas São Francisco Xavier esquina com Engenheiro Heitor Beltrão, onde foi fixado o Monumento de Boas Vindas do Rotary Club RJ Tijuca em outubro de 1986.

ReferênciasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.