Casamento tailandês

O casamento tailandês consiste em duas partes: a legal e a cerimonial. Elas são realizadas separadamente. Não há nenhuma exigência de documentação do governo para se fazer uma cerimônia religiosa, algo que é muito comum no povo tailandês, além de ser considerado por muitos como o “verdadeiro casamento”. Normalmente, os casamentos na Tailândia são budistas. Casamentos arranjados ainda são comuns[1], mas atualmente são raros.

Um casamento tradicional na Tailândia.

A parte legal é realizada em um escritório do distrito local, onde o casamento é registrado. Não é um casamento fiduciária, mas um casamento contratual. A certidão de casamento sempre é no idioma tailandês.

Dois tipos de presentes e que são considerados requisitos cultuais são dados ao futuro marido: Khong mun e Sin sod[2]. Khong mun é um presente de jóias de ouro que é dado quando o casamento é anunciado(ou mais tarde, antes da cerimônia de casamento). Sin sod é um preço-muitas vezes descrito pela noiva com menos precisão como o dote- que é dado à futura esposa e é dado na cerimônia de casamento na frente de todos os presentes.

Os casamentos tradicionais tailandeses ainda incluem bênçãos e orações de monges budistas tailandeses, músicas e lanternas de papel de arroz com velas acesas dentro delas(chamadas de kongming), que podem ser liberados no ar.

Veja tambémEditar

Referências

  1. Phraya Anuman Rajadhon, The story of Thai marriage custom, Thailand Culture Series; no. 13, National Culture Institute, Bangkok 1954
  2. Aspectos culturais sobre o casamento tailandês