Abrir menu principal

Casino Oceano

filme de 1983 dirigido por Lauro António
Casino Oceano
Portugal Portugal
1983 •  cor •  64 min 
Realização Lauro António
Produção Lauro António / RTP
Argumento Lauro António
Elenco Maria do Céu Guerra
João Perry
Género drama
Música John Surman (Upon Reflection)
Direção de fotografia Manuel Costa e Silva
Lançamento 10 de maio de 1984
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Casino Oceano é um telefilme português de média-metragem, produzido em 1983, realizado por Lauro António, integrado na série Histórias de Mulheres.

SinopseEditar

Uma mulher desce pelas ruas da Figueira da Foz, passeia pela praia, saboreia a liberdade do oceano. Um carro aproxima-se da Figueira: o encontro marcado entre o homem e a mulher. Percebe-se pela conversa que são amantes. Ela, casada com outro, a quem não ama. O encontro prossegue num quarto de hotel. O receio de um lado, o amor do outro...

Ficha técnicaEditar

Ficha artísticaEditar

Sobre o filmeEditar

Segundo o próprio realizador, a escolha da Figueira da Foz como cenário de Casino Oceano deveu-se a uma série de razões. A primeira porque Lauro António conhecia bem a cidade e seu ambiente, devido à sua presença assídua no Festival de Cinema. Também devido à arquitectura da cidade, tão característica de outro tempo, como acontece com o Casino Oceano que dá o nome ao filme. Depois, e mais importante, a presença do mar (elemento libidinal por excelência) frente ao hotel, do casino (onde se joga a sorte de cada um) e da praia como elemento de criação do clima de mutação psicológica[1].

Ligações externasEditar

Referências

  1. Lauro António in documentação do 12º Festival de Cinema da Figueira da Foz (1983)