Castelo (Belo Horizonte)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Castelo, veja Castelo (desambiguação).
Castelo
  Bairro do Brasil  
Localização
Região administrativa Pampulha
Município Belo Horizonte
História
Criado em Anos 80
Administração
Bairros limítrofes
Características geográficas
População total 17 000 habitantes hab.
Energia elétrica (%) 100
Água encanada (%) 100
Fonte: CRESCIMENTO com qualidade. Pampulha, Belo Horizonte, 7-13 mai. 2011. Caderno Pampulha habitar, pg. 2./
Vista da reserva florestal do bairro Castelo.

Castelo é um bairro residencial de classe média alta da região da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais.[1]

Suas ruas são caracterizadas por terem nomes de castelos, vilas e cidades famosas de Portugal.

HistóriaEditar

O Castelo é um bairro relativamente novo. A área onde hoje ele se localiza fazia parte da Fazenda dos Menezes (também conhecida como Fazenda da Serra), que era de propriedade do coronel Francisco Menezes Filho e foi responsável durante muitos anos pelo abastecimento de leite, hortaliças e gêneros alimentícios da capital.[2] Durante a década de 1970 com a expansão urbanística da região, os herdeiros do coronel iniciaram o loteamento do terreno.[3]

O bairro passou a ser habitado na década de 1980, quando começaram as construções das redes de esgoto, de água pluvial e potável.[3]

Origem do nomeEditar

Segundo Lúcio Souza Assumpção, diretor executivo da Cinova, empresa responsável pelo planejamento do bairro, o nome seria Castelo Branco, em homenagem aos militares, porém, para não desagradar a família Menezes, com uma relação política, o nome ficou apenas Castelo.[3]

Principais viasEditar

Coletoras

Avenida Heráclito Mourao

Transporte coletivoEditar

Linhas de atendimento do transporte coletivo no bairro:

  • 3301B: Castelo - Centro[4]
  • 54A e 54B: - Circular Dom Bosco - Del Rey
  • Linha A via Castelo
  • Linha B via Pe. Eustáquio[5]
  • 1404A: Alípio de Melo/Palmeiras
  • 506: Jardim Alvorada - Via Castelo[6]
  • 1404B: Incofidencia/Estrela do Oriente (extinta)
  • 5203: Estrela do Oriente / Castelo via Manacás

Lei de uso do soloEditar

A Lei-9959/2010[7] atualizou a Legislação de Parcelamento, Ocupação e Uso do Solo e criou limitações para construção de torres no bairro. A lei foi atualizada num momento em que vários edifícios já estavam construídos ou em fase de construção avançada. Com isso, pode provocar a longo prazo um efeito de valorização das torres construídas previamente à lei.

Bairros vizinhosEditar

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar