Castro de Nandufe

castro em Nandufe, Portugal
Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Pedras no Castro de Nandufe
Pedras em descida para o Rio Dinha, no Castro de Nandufe

O Castro de Nandufe é um castro situado na freguesia de Nandufe, próximo do rio Dinha, e acessível através da Rua do Crasto, Nandufe.[1] O seu pico de ocupação deu-se de I a II d. C., mas conteve vestígios do Neolítico. O Castro não se encontra identificado e tem sido alvo de pouca investigação, registando-se apenas uma campanha no local, efectuada por António Almiro do Vale na década de 1920. A Fevereiro de 2020, encontra-se ainda em vias de classificação, apesar da primeira proposta de classificação ser de 1985.[2]

EspólioEditar

Segundo a campanha de António Amiro do Vale, foram encontrados no Castro, da época neolítica: um bíface, dois machados, um fragmento de sílex e um maço para moagem de cereais. Da época romana, moedas (de Cláudio a Adriano), cerâmica de construção, pesos de tear, mós e dois fragmentos de sigillata. O espólio encontrado no local estará no Museu Machado de Castro, Coimbra.[2]

ReferênciasEditar

  1. «Monumentos». www.monumentos.gov.pt (em inglês). Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  2. a b «DGPC | Pesquisa Geral». www.patrimoniocultural.gov.pt. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 


Ligações externasEditar