Catáfilo

Em botânica, um catafilo é uma folha reduzida e pequena, frequentemente não fotossintetizante, que geralmente conferem proteção a gemas dormentes e, em alguns casos, agem como reservas de nutrientes.[1] Muitas plantas possuem "folhas verdadeiras" que realizam a maior parte da fotossíntese, e catafilos, que são modificados para desempenhar outras funções.[2][3]

Broto de Liquidambar styraciflua; os catafilos que cobrem o broto contém um pouco de clorofila, mas eles se desprendem e não se tornam folhas fotossintéticas verdadeiras.

Catafilos incluem brácteas, bractéolas e escamas, bem como quaisquer folhas pequenas que se assemelhem a escamas. Quando precedem a formação das folhas (como em Philodendron), também são folhas não fotossintéticas, mas que guarnecem outras estruturas (como gemas apicais ou laterais). Em alguns casos especiais, atuam como órgão de armazenamento, como nos bolbos.

Referências

  1. Santos, Angelica Manzini; Costa, Pollyanna; Santos, Fernando Santiago dos (2018). Glossário ilustrado de botânica: subsídio para aplicação no ensino. São Paulo: Edições Hipótese 
  2. Bell, A.D., A.D. (2008). Plant form: an illustrated guide to flowering plant morphology. Oxford, U.K: Oxford University Press 
  3. Beentje, H.; Williamson, J. (2010). The Kew Plant Glossary: an Illustrated Dictionary of Plant Terms. Kew: Kew Publishing 
  Este artigo sobre Botânica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.