Abrir menu principal

Cefisódoto, o Jovem

Cefisódoto, o Jovem
Nascimento Século IV a.C.
Atenas
Morte Século III a.C.
Cidadania Atenas
Progenitores Pai:Praxiteles
Ocupação escultor
Retrato de Menandro, cópia romana.

Cefisódoto, o Jovem (Atenas, c. 365 a.C. — c. 290 a.C.) foi um político e escultor da Grécia Antiga.

Filho de Praxíteles, com o pai aprendeu sua técnica. Sua obra só é conhecida através de cópias.[1] Deve ter iniciado suas atividades em torno de 334 a.C., em torno de 341 a.C. já possuía um atelier próprio, e em torno de 315 começou uma colaboração mais ou menos estável com seu irmão Timarco.[2]

Foi um mestre popular em seu tempo, especialista em retratos. Membro de uma família rica, ele próprio fez grande clientela, podendo participar do financiamento de guerras.[2] Recebeu importantes encomendas do governo ateniense[3] e foi ativo também na política, ocupando o cargo de trierarca em seis mandatos.[4]

Na segunda metade da vida sua fama extrapolava a Ática, recebendo encomendas de Trozena, Megara, Tebas e Cós. Seu apogeu ocorreu nos anos de 296-293, quando realizou estátuas para o santuário de Asclépio em Cós. Sua última obra importante registrada foi um retrato do poeta Menandro.[2]

Embora seu forte tenham sido os retratos, são-lhe atribuídas outras imagens que foram mais tarde muito copiadas, destacando-se os protótipos das tipologias do Asclépio de Elêusis, do Dionísio de Woburn Abbey, da Ártemis Larnaka, da Ártemis de Malta e da Vênus Capitolina; a figura de Leto em um relevo representando a tríade apolínea encontrado em Sorrento, e o grupo de Sileno e Hermafrodito de Pérgamo. Seu estilo faz o caminho de transição do Baixo Classicismo para a eclética escultura helenística. Segundo Antonio Corso, embora sua produção seja qualificada, mostra uma forte dependência da obra paterna, carecendo de uma personalidade criativa forte e definida, mas sua trajetória e legado foram pouco estudados.[2]

Referências

  1. "Cephisodotus". Encyclopædia Britannica, 1911
  2. a b c d Corso, Antonio. "Retrieving the style of Cephisodotus the Younger". In: Arctos — Acta Philologica Fennica, 2004; (48):109-136
  3. Bloomer, W. Martin. A Companion to Ancient Education. Wiley & Sons, 2015, p. 376
  4. Palagia, Olga. "Phidias epoiesen: attribution as value judgement". In: Macfarlane, Fiona C. & Morgan, Catherine (eds.). Exploring Ancient Sculpture: Essays in Honour of Geoffrey Waywell. University of London Press, 2010, p. 106

Ver tambémEditar