Abrir menu principal
Cerco de Pensacola
Guerra de Independência dos Estados Unidos
Spanish troops at Pensacola.jpg
Tropas espanholas tomando o Forte George.
Data 9 de março8 de maio de 1781
Local Pensacola, na Flórida Britânica
Desfecho Vitória dos espanhola
Mudanças territoriais A Espanha conquista a Flórida Ocidental
Beligerantes
Bandera de España 1760-1785.svg Reino da Espanha
Royal Standard of the King of France.svg Reino da França
Flag of Great Britain (1707–1800).svg Reino da Grã-Bretanha
Comandantes
Bandera de España 1760-1785.svg Bernardo de Gálvez
Bandera de España 1760-1785.svg José Calvo de Irazabal
Bandera de España 1760-1785.svg José Solano y Bote
Juan Manuel de Cagigal
Royal Standard of the King of France.svg François Aymar de Monteil
Flag of Great Britain (1707–1800).svg John Campbell
Forças
7 400 soldados e milicianos 3 000 soldados
+ 500 índios
Baixas
94 mortos
202 feridos
102 mortos
105 feridos
1 113 capturados

O Cerco de Pensacola foi uma batalha travada no começo de 1781, no contexto da Guerra da Independência dos Estados Unidos. A Espanha, aliados dos rebeldes americanos, travava um conflito para expandir suas possessões coloniais na América, conquistando territórios pertencentes a Grã-Bretanha. No caminho ficava a estratégica cidade de Pensacola, na Flórida Ocidental, que foi tomada depois de um cerco de dois meses.[1][2]

Referências

  1. Bense, Judith Ann (1999). Archaeology of colonial Pensacola. Gainesville, FL: University Press of Florida. ISBN 978-0-8130-1661-0. OCLC 40444062 
  2. Mitchell, Barbara (11 de setembro de 2015). «America's Spanish Savior: Bernardo de Gálvez marches to rescue the colonies». MHQ (Military History Quarterly). pp. 98–104