Cetanā é um termo budista normalmente traduzido como "volição", "intenção", "direcionalidade". Pode ser definido como um factor mental que impulsiona a mente numa direcção particular, para um objectivo ou objecto específico.[1][2]

Cetanā é identificado nos ensinamentos budistas das seguintes formas:

  • Um dos sete factores mentais universais, no Theravada Abhidharma.
  • Um dos dez mahā-bhūmika, no Sarvastivada Abhidharma.
  • Um dos cinco factores mentais universais, no Mahayana Abhidharma
  • O mais significativo factor mental envolvido na criação do carma.

Relação com o carmaEditar

Na tradição budista, cetanā é considerado o mais importante factor mental na geração de carma.

Bhikkhu Bodhi afirma (do ponto de vista Theravada): "a volição é o mais significativo factor mental gerador de carma, uma vez que é a volição que determina a qualidade ética da acção.[3]

Referências

  1. Erik Pema Kunsang (translator) (2004). Gateway to Knowledge, Vol. 1. North Atlantic Books. p. 23.
  2. Herbert V. Guenther & Leslie S. Kawamura, Mind in Buddhist Psychology: A Translation of Ye-shes rgyal-mtshan's "The Necklace of Clear Understanding" Dharma Publishing. Kindle Edition. (Kindle Locations 386-392).
  3. Bhikkhu Bodhi (2003), p. 80