Abrir menu principal
Charles Ogle
Nome completo Charles Stanton Ogle
Nascimento 5 de junho de 1865
Steubenville, Ohio
Nacionalidade  Estados Unidos
Morte 11 de outubro de 1940 (75 anos)
Long Beach, California
Ocupação ator
Atividade 1905 - 1926
Cônjuge Ethel Pauline Green (? - ?)
Betty Compson, Bert Lytell, Charles Ogle, May McAvoy, Gareth Hughes, Walter Long, Kathleen Clifford, Jed Prouty, Mayme Kelso e Robert Agnew em Kick In (1922).

Charles Ogle (5 de junho de 1865 - 11 de outubro de 1940) foi um ator de teatro e de cinema estadunidense.

No cinema, participou da era do cinema mudo,onde atuou em 325 filmes, entre 1908 e 1926.[1] Ogle ficou conhecido por interpretar o monstro de Frankestein no primeiro filme baseado no livro de Mary Shelley.

Charles Ogle na primeira versão de Frankenstein, produzido pelo Edison Studios.

CarreiraEditar

Nascido em Steubenville, Ohio, Ogle atuou pela primeira vez em um teatro, fazendo sua primeira aparição na Broadway em 1905.[2] Embarcou em uma carreira no cinema com o Edison Studios no Bronx, Nova York, em 1908, aparecendo em The Boston Tea Party, dirigido por Edwin S. Porter. Ele interpretou o monstro na versão do primeiro filme de Frankenstein, em 1910 e estrelou o primeiro filme da série What Happened to Mary (1912), pelo Edison Studios. Ele passou a se tornar um ator de personagem prolífico, e sua última atuação no cinema foi em The Flaming Forest, em 1926.

Vida familiar e morteEditar

Foi casado com Ethel Pauline Green e morreu em Long Beach, Califórnia, de arteriosclerose, sendo enterrado no Forest Lawn Memorial Park (Glendale).[3]

FilmografiaEditar

Notas e referênciasEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Charles Ogle