Cinco Peças para Orquestra

As Cinco Peças para Orquestra são a única obra só para orquestra do período atonal "livre" de Arnold Schönberg, o Op. 16 deve à técnica da melodia de timbres que ele experimenta suas cores novíssimas.

ReferênciasEditar

J. Soleil / Guy Lelong: As obras-primas da música. SP: Martins Fontes, 1992,p.228