Cinema da África do Sul

O cinema da África do Sul refere-se à indústria cinematográfica da nação africana da África do Sul.[1]

Tela de cinema ao ar livre em Joanesburgo.

HistóriaEditar

Embora poucas produções sejam conhecidas fora da África do Sul, muitos filmes estrangeiros foram produzidos sobre a África do Sul (geralmente envolvendo relações raciais). Uma exceção foi o filme Os Deuses Devem Estar Loucos, de 1980, produzido no Calaári.[1] É sobre como a vida em uma comunidade tradicional de bosquímanos muda quando uma garrafa de Coca-Cola que caiu de um avião repentinamente cai do céu. O falecido Jamie Uys, que escreveu e dirigiu Os Deuses Devem Estar Loucos,[2] também alcançou sucesso no exterior em 1970 com seus filmes Funny People e Funny People II, semelhante à série de televisão americana Candid Camera .

Provavelmente o filme de maior perfil com a África do Sul nos últimos anos foi o Distrito 9, dirigido por Neill Blomkamp, um sul-africano nativo, e produzido por Peter Jackson.[3] O filme de ação/ficção científica apresenta uma subclasse de refugiados estrangeiros forçados a viver nos guetos de Joanesburgo, no que muitos viram como uma alegoria criativa do apartheid. O filme foi um sucesso comercial e de crítica global e foi nomeado para o prêmio de melhor filme no 82º Óscar.[4]

Filmes em destaqueEditar

Abaixo estão os filmes de destaque produzidos na África do Sul ou pela indústria cinematográfica sul-africana.

Atores e diretores em destaqueEditar

 
Charlize Theron, atriz sul-africana, alcançou notável impacto no cinema de Hollywood.

NotasEditar

Referências

  1. a b «A History of the South African Film Industry timeline 1895-2003 | South African History Online». www.sahistory.org.za (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2021 
  2. «Meet Namibian actor who helped 'The Gods Must Be Crazy' gross $60m but was paid $300». www.myjoyonline.com (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2021. Arquivado do original em 8 de novembro de 2019 
  3. Pavlus, John (20 de julho de 2009). «How Peter Jackson Discovered District 9 Director Neill Blomkamp». Wired (em inglês). ISSN 1059-1028. Consultado em 26 de outubro de 2021 
  4. Montero, Carlos (12 de novembro de 2007). «Neill Blomkamp y Peter Jackson juntos otra vez por District 9». Espinof (em espanhol). Consultado em 26 de outubro de 2021 
  5. Fennessey, Sean (3 de maio de 2019). «The Breakthrough Performances of Charlize Theron». The Ringer (em inglês). Consultado em 26 de outubro de 2021