Abrir menu principal

Club Atlético Villa San Carlos

O Club Atlético Villa San Carlos, também conhecido como Villa San Carlos ou simplesmente San Carlos, é um clube de futebol argentino da cidade de berisso, na província de Buenos Aires. Fundado em 25 de abril de 1925, suas cores são o azul-celeste e branco.[1][2] Atualmente participa da Primera División C, a quarta divisão regionalizada do futebol argentino para as equipes diretamente afiliadas à Associação do Futebol Argentino (AFA), entidade máxima do futebol na Argentina.[1] Seu estádio é o Genacio Sálice, inaugurado em 25 de maio de 1950, e tem capacidade aproximada para 4.000 espectadores.[3]

Villa San Carlos
Villa sancarlos logo.png
Nome Club Atlético Villa San Carlos
Alcunhas Los Villeros
El Cele
La Villa
Fundação 25 de abril de 1925 (94 anos)
Estádio Genacio Sálice (desde 1950)
Capacidade 4 000 espectadores
Localização Argentina Berisso, Buenos Aires
Presidente Argentina Juan Carlos Tocci
Treinador Argentina Jorge Vivaldo
Patrocinador Argentina
Material (d)esportivo Argentina
Competição Primera División C (2018–19)
Website Página oficial

HistóriaEditar

Em 25 de abril de 1925 foi fundado o Club Atlético Villa San Carlos. No futebol, depois de anos nas Liga Berissense e Liga Amateur Platense, o clube resolveu afiliar-se à Associação do Futebol Argentino (AFA) em 1965. O clube começou na disputa da quarta divisão (na época, a Primera D) em 1967 onde permaneceu até 1973, quando foi vice-campeão da divisão e conseguiu acesso à terceira divisão (na época, a Primera C). Na Primera C, o Villa San Carlos esteve presente até 1977, quando foi rebaixado para a Primera D. Conseguiu acesso para a Primera C em 1986, mas na temporada seguinte foi novamente rebaixado.[4]

Depois de um estupendo certame na quinta divisão (Primera D) de 1992–93, o Celeste, dirigido por Rubén “El Chueco” Marchioni, chegou a final do torneio igualado em tudo com o Acassuso, como desempate foi disputada uma partida no estádio do Independiente em 10 de abril de 1993. Após um placar empatado no tempo normal, Marcelo Govoni fez aos dez minutos da prorrogação o gol que daria ao clube o primeiro campeonato e o terceiro acesso.[4]

Depois de duas temporadas na quarta divisão (Primera C), o clube voltou a ser rebaixado. Na temporada de 2001–02 conseguiu um novo acesso e seu segundo título, o time dirigido por Carlos Gorostieta venceu o Sacachispas por 1–0 na final da Primera D realizada no estádio do Estudiantes de La Plata em 28 de julho de 2002. Em 18 de maio de 2009, o Villa San Carlos conseguiu acesso pela primeira vez em sua história para a Primera B ao sagrar-se campeão da Primera C de 2008–09.[4]

O feito mais importante ainda estaria por vir, e em 25 de maio de 2013, o San Carlos conquistou a Primera B de 2012–13 e conseguiu o tão sonhado acesso para a Primera B Nacional, a segunda divisão do futebol argentino.[3][4][5] A lua de mel com a segundona foi curta e depois de um temporada, o clube retornaria para a Primera B e no final da temporada de 2017–18, cairia mais uma vez para a Primera C.[3][4]

TítulosEditar

NACIONAIS
Divisão Competição Títulos Temporadas
Terceira Primera B 1 2012–13
Quarta Primera C 1 2008–09
Quinta Primera D 2 1992–93, 2001–02

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Clubes afiliados - Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino». Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino (em espanhol). Consultado em 3 de junho de 2019 
  2. «LIST OF ARGENTINIAN CLUBS AND DIVISIONAL MOVEMENTS (Professional Era 1931-2019)». www.rsssf.com. Consultado em 6 de junho de 2019 
  3. a b c «Estadio». Club Atlético Villa San Carlos (em espanhol). 15 de dezembro de 2015. Consultado em 10 de junho de 2019 
  4. a b c d e «Historia». Club Atlético Villa San Carlos (em espanhol). 15 de dezembro de 2015. Consultado em 11 de junho de 2019 
  5. Clarín.com. «Histórico ascenso de Villa San Carlos». www.clarin.com (em espanhol). Consultado em 11 de junho de 2019 

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre futebol argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.