Abrir menu principal

Clube Desportivo de Paço de Arcos


Clube Desportivo de Paço de Arcos
Nome Clube Desportivo de Paço de Arcos
Fundação 21-8-1944
Pavilhão Pavilhão Desportivo do CDPA,
Paço d'Arcos
Portugal.
Treinador Portugal Luis Duarte
Competição Campeonato Nacional
Class 15-16
Website Site Oficial

O Clube Desportivo Paço de Arcos é um Clube Desportivo da vila de Paço d'Arcos. A sua equipa de Hóquei em Patins que actualmente compete na I Divisão Nacional. Entre os anos 1944 e 1948 conseguiu ganhar 5 Campeonatos Nacionais Consecutivos. No ano 2000 venceu a Taça World Skate Europe ao derrotar a equipa espanhola do CP Voltregà na final. Anteriormente, o CD Paço de Arcos havia perdido as finais de 1988 frente aos italianos do HC Amatori Vercelli e de 1998 frente aos espanhóis do CE Noia.

Índice

HistóriaEditar

Falar da História do Clube Desportivo de Paço de Arcos, é falar inevitavelmente da história da Vila de Paço de Arcos e das suas envolventes.

Se de facto, qualquer movimento sócio desportivo assenta na força e determinação de uma gente, este clube é prova inequívoca de que a “Raça” se mistura com a “Mística”, e que o “Crer” é por si só, uma alavanca poderosa para alcançar o bem comum.

No CDPA a relevância e protagonismo de um povo, eleva-se no seu orgulho bairrista, personalizando assim, um dos mais generosos e belos exemplos da entidade servidora e verdadeiramente pública.

O nascimento do CDPA está ligado ao futebol, tendo sido o vencedor do primeiro torneio de futebol de nível nacional (1929), ganhando a cobiçada taça em ouro, a "Taça de Ouro do Futebol".

"Os primeiros tempos do Clube foram difíceis. Em 1921, os rapazes da praia utilizavam o "campo" das Fontaínhas para os jogos de futebol. Aí fundaram o Futebol Clube de Paço de Arcos, um clube sem sede e sem organização, mas com ânimo e determinação. Um ano depois (1922), formou-se outro clube, o Sport Lisboa e Paço de Arcos, também sem bases seguras, virado à vela e ao ténis. Os directores adiantavam, com frequência, o dinheiro para os pagamentos. Dizia-se que o desporto em Paço de Arcos teria vida curta. Porém, contra a descrença de uns e o derrotismo de outros, os dois clubes deram-se as mãos e criaram um a sério, já com estatutos e algumas estruturas. Foi assim que o Paço de Arcos Sports Clube apareceu, em 1926. Primeiro, o futebol e a vela; depois, a natação, o ténis de mesa e o basquetebol.

Na década de 30, outros dois novos clubes se fundaram. O Desportivo Académico de Paço de Arcos, em 1937, e o Paço de Arcos Hóquei Clube, em 1939.

O D.A.P.A. com natação, basquetebol e futebol; o P.A.H.C., com hóquei em patins e patinagem. Qualquer destes clubes, já "adulto", dava nas vistas com vitórias e títulos. Mas a vila de Paço de Arcos não tinha alicerces humanos e económicos para suportar três clubes. Daí, a necessidade de uni-los num só, forte e grande, capaz de dar resposta aos anseios da população, nomeadamente da juventude.

E fez-se a fusão, em 1944. E fundou-se o glorioso Clube Desportivo de Paço de Arcos."

O CDPA tem-se recrido ao longo do tempo em múltiplas modalidades e projectado uma imensidão de campeões. São disto exemplos a pesca desportiva, a subaquática, o andebol, o basquetebol, o futebol, a ginástica a aeróbica, o ballet, o cardiofank, o karaté, a musculação a canoagem, a vela nas suas inúmeras classes, a patinagem artística e a modalidade rainha o hóquei patins.

O hóquei em patins começa a ganhar destaque em 1941, ao ganhar o seu primeiro trofeu (Taça de Honra de Lisboa) e a partir dai não mais parou.

Possuidor de um curriculum que ombreia com os melhores do mundo, facto bem assente nas sete vitórias no Campeonato Nacional, inúmeras vitórias nas Taça de Portugal, vencedor de diversos torneios internacionais como a Taça Latina e o torneio de Montreaux, vencedor da Taça World Skate Europe. Nesta modalidade é o clube português com maior número de atletas chamados à selecção nacional em vários escalões etários, originando assim um “pack” sustentado de campeões da Europa e do mundo, de ampliação constante, baseado na dedicação às camadas jovens e à aprendizagem.

Foram verdadeiros embaixadores do clube e do país, para além de todos os Campeões em várias faixas etárias e em todas as modalidades, os consagrados e já imortalizados no imaginário de todos os Portugueses, os grandes Emídio Pinto, o melhor guarda redes do mundo, Correia dos Santos, o melhor avançado do mundo e o ainda maior Jesus Correia.

Por tudo isto, difícil seria furtar-se este clube às imensas taças, troféus e medalhas conquistadas por todo o mundo fora, bem como o respeito granjeado pela sua metódica e rigorosa governação, espelho de uma visibilidade e disciplina, reconhecida e condecorada por todos.

As competições náuticas, que remontam ao tempo de D. Maria II, em Paço de Arcos, conquistaram também uma importante projecção internacional, da qual importa destacar a vitória no campeonato do mundo por Rui Coelho em 1994, em "Laser" (radial).

O objectivo do CDPA é incrementar sob o lema “Amizade primeiro, competição depois”, o Desporto, a Educação Física, a Cultura e o Recreio, tendo ao longo dos anos a sua actividade sido reconhecida e distinguida.

Palmarés do HóqueiEditar

Possuidor de um curriculum que ombreia com os melhores do mundo, facto bem assente nas sete vitórias no Campeonato Nacional, inúmeras vitórias nas Taça de Portugal, vencedor de diversos torneios internacionais como a Taça Latina e o torneio de Montreaux, vencedor da Taça World Skate Europe. Nesta modalidade é o clube português com maior número de atletas chamados à selecção nacional em vários escalões etários, originando assim um “pack” sustentado de campeões da Europa e do mundo, de ampliação constante, baseado na dedicação às camadas jovens e à aprendizagem.

O CDPA além de ter sempre disputado o Campeonato Nacional da 1ª Divisão (onde, nas décadas de 40 e 50 foi Campeão Nacional por 8 vezes), participou de 1994 a 1999 nas seguintes Competições Europeias: Taça World Skate Europe (94/95, 96/97, 97/98, 99/2000), Taça das Taças (95/96) e Liga dos Campeões (98/99). Na de 1999/2000, classificou-se em 4º lugar no Campeonato Nacional da 1ª Divisão e foi vencedor da Taça World Skate Europe.

Equipa SéniorEditar

CAMPEONATO NACIONAL-8 1942, 1944, 1945, 1946, 1947, 1948, 1953, 1955

Taça World Skate Europe-1 1999/2000

OUTROS-

CAMPEONATO DISTRITAL DE LISBOA (Regional Sul) 1. Categoria: 1943, 1944, 1946, 1947, 1948. 1948, 1949, 1952 1955 1958 Reserva: 1952, 1979, 1987, 1988 2.- Categoria: 1942, 1943, 1944, 1946, 1947, 1948, 1949 1951 1953 3.- Categoria: 1943, 1946, 1947 1950

TORNEIO DE ABERTURA 1944, 1945, 1967, 1980

TAÇA DE HONRA DE LISBOA (ou do Sul) 1941, 1943, 1944, 1946, 1948, 1949

TORNEIO DO OUTONO 1942

TORNEIO ESPECIAL {2a Categoria) 1945

TORNEIO DA COSTA DO SOL (2a categoria) 1950, 1952 e 1967

FormaçãoEditar

Nas camadas jovens também estas já conquistaram, os seguintes títulos nacionais:

Infantis A - 11 vezes Campeões Nacionais (81/82, 82/83 89/90, 92/93, 93/94, 97/98, 98/99, 00/01, 02/03, 09/10, 11/12)

Infantis B - 3 vezes Campeões Nacionais (93/94, 94/95, 99/00)

Iniciados – 5 vezes Campeão Nacional em 83/84, 84/85, 99/00, 00/01 e 04/05

Juvenis - 3 vezez Campeão Nacional de 96/97 98/99 e 00/01

Juniores –5 vezes Campeão Nacional em 66/67, 95/96, 00/01, 01/02 e 06/07

JUNIORES

CAMPEONATO DE PORTUGAL 1967 CAMPEONATO DISTRITAL DE LISBOA 1942, 1952, 1967, 1980, 1987

PRINCIPIANTES

1951, 1952, 1963, 1964, 1965, 1966

JUVENIS

TORNEIO DE ABERTURA 1977 CAMPEONATO REGIONAL 1978, 1979, 1985 TAÇA NACIONAL 1985 Taça APL (11/12 e 12/13)

INFANTIS

CAMPEONATO DE LISBOA 1973, 1975, 1978, 1988 TAÇA NACIONAL 1990 Taça APL (09/10, 10/11, 11/12)

INICIADOS

CAMPEONATO DISTRITAL DE LISBOA 1968, 1975, 1978, 1984 TORNEIO DE ABERTURA 1977" Taça APL (13/14)

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.