Maricá Futebol Clube

Disambig grey.svg Nota: Para o time desfiliado chamado Maricá, veja Esporte Clube Maricá.

Maricá Futebol Clube, mais conhecida como Maricá, é uma agremiação esportiva da cidade de Maricá, no estado do Rio de Janeiro.[3]

Maricá
MaricaFC.png
Nome Maricá Futebol Clube
Alcunhas Maricaense
Fundação 02 de agosto de 2001 (19 anos)
refundado em
08 de março de 2017[nota 1]
Localização Maricá, Brasil
Proprietário Ayrthon Dias
Treinador Marcus Alexandre
Material (d)esportivo WA Sports
Competição Campeonato Carioca - Série B1
Website Facebook
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Fundado no dia 2 de agosto de 2001 como Clube de Futebol Rio de Janeiro, entre 2017 e 2018 o clube disputou sob o nome de Rio de Janeiro/Maricá através de uma parceria entre o Rio de Janeiro e o Maricá. Em 16 de julho de 2018, foi oficializada fusão e a alteração do nome do Clube de Futebol Rio de Janeiro para Maricá Futebol Clube. A sede também foi alterada, passando de Magé para Maricá.[2]

HistóriaEditar

Clube de Futebol Rio de Janeiro (2001-2017)Editar

 
Equipe profissional do Rio de Janeiro de 2010

O Clube de Futebol Rio de Janeiro, inicialmente concebido como Associação Desportiva Grande Rio, já disputava as competições de base há doze anos, mas o nome e o registro só foram formalizados em 2002.

O clube é uma das maiores oportunidades para jovens talentos do futebol em Piabetá. Possui um centro de treinamento com oito campos em Piabetá, Magé. São seis campos oficiais, sendo um destinado aos jogos, dois alternativos para treinos, além de mais dois projetados. Já há um projeto para a construção de um futuro estádio no próprio local.

Foi fundado pelo professor Ênio Farias e tem uma vasta quantidade de jogadores revelados para o futebol internacional como o meia Carlos Alberto, que jogou no Club de Regatas Vasco da Gama.

Em 2009, sagra-se campeão Estadual da Terceira Divisão do Rio de Janeiro, categoria Juniores, ao vencer na final o Leme Futebol Clube Zona Sul por 4 a 3. A equipe profissional disputa o mesmo campeonato, não conseguindo passar da primeira fase, quando é eliminado por Clube Atlético Castelo Branco, Heliópolis Atlético Clube e Rubro Social Esporte Clube.

Parceria (2017-2018)Editar

O clube de Maricá surgiu de uma fusão com o Rio de Janeiro. Desde 2005, que a cidade não tinha nenhuma equipe profissional. Fundado em 2017, o clube foi idealizado por Douglas Almeida, gestor de futebol com passagem pelo Araruama. O clube surgiu com o objetivo de trazer de volta o futebol profissional para a cidade de Maricá, que desde 2005, quando o Taquaral disputou a Copa Rio, não possuía equipes profissionais.[4]

A equipe fez uma parceria com o Clube de Futebol Rio de Janeiro e disputou o Campeonato Carioca Série B2 já no seu ano de fundação.[5][6] O objetivo era seguir o caminho de outras parcerias que deram certo no futebol carioca, como a parceria entre Campos Atlético Associação e Carapebus, parceria entre Arraial do Cabo e Araruama e a parceria entre Santa Cruz e Belford Roxo.

Após o anuncio de Polaco Valoura como treinador para a disputa da Série B2 do Estadual, o Maricá confirmou o nome de 24 jogadores que iriam fazer parte do elenco na temporada. Dentre as peças que estavam à disposição de Valoura destacavam-se o volante Lucas Candido e o lateral-esquerdo Maylson, que defenderam o Araruama.

A definição do plantel veio logo após as avaliações que o clube recém-criado realizou na cidade de Maricá. Segundo o gestor de futebol, Douglas Almeida, os atletas que tiveram os nomes revelados formaram a espinha dorsal da equipe, que ainda buscava contratações pontuais para fechar o grupo.[7]

O primeiro jogo oficial da equipe ocorreu no dia 28 de maio de 2017, contra o Angra dos Reis, jogo que terminou empatado em 2x2.[8]

Compra do Rio de Janeiro (2018-)Editar

Em 22 de julho de 2018, o Maricá adquire a vaga do Rio de Janeiro na FERJ, sendo assim o Rio de Janeiro sai de jogada e permanece apenas o Maricá.[2] Em 2019, em sua segunda temporada com o novo nome, o clube consegue acesso ao Campeonato Carioca da Série B1 de 2020, após o vice-campeonato[9] no estadual vencido pelo Esporte Clube Rio São Paulo.

Elenco AtualEditar

  Última atualização: 31 de dezembro de 2019.[10]

Goleiros
N.º Jogador
'   Andrey
'   Vinícius
'   Júlio Cesar
Defensores
N.º Jogador Pos.
'   Yago Z
'   Rhenan Z
'   João Paulo Z
'   Índio Z
'   Lucas Souza Z
'   Wanderson Silva Z
'   Julian Araujo LD
'   Bruno Santos LD
'   Luís Felipe LE
'   Rodriguinho LE
'   Edu Pina LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
'   Victor Silva V
'   Maykon V
'   Aílton V
'   Bruno Medeiros V
'   Samuel Lins M
'   Lázaro M
Atacantes
N.º Jogador
'   Badola
'   Felipe Cruz
'   Pablo Tanque
'   José Carlos
Comissão técnica
Nome Pos.
  Marcus Alexandre T

SímbolosEditar

UniformesEditar

Em 25 de maio de 2017, o clube lançou os uniformes para a temporada 2017 [11].

EscudoEditar

Evolução do Escudo do Maricá Futebol Clube
Rio de Janeiro - 2001 – 2017 2018 – 2020 2020 – Atual
     

TítulosEditar

Campanhas de DestaqueEditar

  Vice-Campeão do 1º Turno do Campeonato Carioca - Série B2: 2018

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Série B1 do Carioca 1 Em andamento (2020) 2020
  Série B2 do Carioca 7 2º colocado (2019) 2009 2019 1

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maricá Futebol Clube

Notas e referências

Notas

  1. O Clube de Futebol Rio de Janeiro foi fundado em 2 de agosto de 2001 e o Maricá em 08 de março de 2017.[1] Porém com a fusão finalizada em 2018, a data de fundação se tornou a do Rio de Janeiro.[2]

Referências

  1. Gerson Rodrigues Magalhães. «Rio de Janeiro/RJ». Futebol Nacional. Consultado em 23 de julho de 2018 
  2. a b c FERJ. «FERJ - Resolução da Presidência: alteração de nome CF Rio de Janeiro para Maricá FC» (pdf). Consultado em 22 de julho de 2018 
  3. leisecamarica.com.br. «Maricá disputará a série B2 do Campeonato Carioca». Consultado em 29 de março de 2017 
  4. FutRio. «Maricá volta a ter clube profissional, que seleciona atletas para Série B2». Consultado em 29 de março de 2017 
  5. Araruama Futebol Clube. «Araruama x Maricá dia 13 de agosto de 2017». Consultado em 29 de março de 2017 
  6. Prefeitura de Maricá. «Prefeitura apoia "peneira" para o Maricá FC». Consultado em 29 de março de 2017 
  7. FutRio. «Maylson e Lucas Candido puxam a fila de 24 contratações do Maricá». Consultado em 8 de maio de 2017 
  8. G1. «Angra dos Reis abre vantagem, mas vacila e cede empate ao Rio de Janeiro». Consultado em 29 de maio de 2017 
  9. O São Gonçalo. «Maricá garante vaga na série B do Campeonato Carioca». Consultado em 6 de maio de 2020 
  10. «Elenco do Maricá Futebol Clube». Ogol. Consultado em 6 de maio de 2020 
  11. O DIA (25 maio de 2017). «Maricá Futebol Clube lança novo uniforme para temporada de 2017». Consultado em 9 de setembro de 2017