Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2011)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

É denominado como comédia de capa e espada a um dos subgêneros dramáticos do teatro clássico espanhol do Século de Ouro. É definida como aquela peça teatral galante dividida em três atos, cuja ação ocorre entre personagens que não excedem o nível social de nobres e cavaleiros, por exemplo, El acero de Madrid de Lope de Vega. É um dos quatro tipos de comédia do Século de Ouro: os restantes são a Comédia de Enredo, com a qual as vezes se confunde a Comedia de Carácter (Comédia de Tipos), e a Comédia de Figurón(Comédia de Figuras, ou Comédia de Personagens).

O dramaturgo Francisco Bances Candamo, em seu Theatro de los theatros de los passados y presentes siglos , cuja primeira versao remonta a 1689-90, classifica a comédia espanhola do momento em dois grandes grupos: Amátória e Histórica, a comédia amatória se divide em comédia de fábrica e comédia de capa espada, esta última é definida como:

"Aquelas cujos personagens são apenas cualleros particulares, como don Juan, Don Diego, etc, e os conjuntos de ação são reduzidos a duelos, a invejas, ao se esconder do galã, ao ocultar-se a dama, enfim, àqueles sucessos mais caseiros da galanteria." (Op. cit. p. 33)

BibliografíaEditar

  • Francisco de Bances Candamo, Theatro de los Theatros de los passados y presentes siglos, ed. de Duncan Moir, Londres: Tamesis Books, 1970.
  • Ignacio Arellano Ayuso, «Convenciones y rasgos genéricos en la comedia de capa y espada», en La comedia de capa y espada, Madrid: Ministerio de Cultura, 1988, pág. 27-49 (Cuadernos de Teatro Clásico, 1).