Comício

Disambig grey.svg Nota: se procura pelos comícios na Roma Antiga, veja Assembleias romanas.

Um comício é uma ato público onde um político ou um candidato a um cargo político expõe suas ideias ao povo, ou onde membros do povo discutem assuntos de interesse coletivo.[1]

Vladimir Lenin discursa durante um comício.

EtimologiaEditar

A palavra vem do termo latino comitiu, que designava uma assembleia popular.[2]

ShowmícioEditar

Um showmício é um ato público onde um político ou um candidato a um cargo político expõe suas ideias aos eleitores, geralmente acompanhado por artistas musicais para atrair um público maior[3]. Foram proibidos no Brasil pelo Tribunal Superior Eleitoral em maio de 2006[4].

ProibiçãoEditar

A realização de showmícios em campanhas eleitorais foi proibida em 23 de maio de 2006, com a sanção da Lei n.º 11.300, de 10 de maio de 2006[5]. Esta lei também proibiu o uso de painéis e distribuição de brindes durante campanhas[6].

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 437.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 437.
  3. «Significado de Showmício». www.dicionarioinformal.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  4. «TSE confirma proibição de showmícios e distribuição de brindes - Política - Estadão». Estadão 
  5. «LEI Nº 11.300, DE 10 DE MAIO DE 2006». www.planalto.gov.br. Consultado em 1 de junho de 2018 
  6. «Folha Online - Brasil - Para especialista, proibição de showmícios traz civilidade para campanhas - 09/09/2006». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 1 de junho de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.