Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Conjunção triangular entre a Lua, Vênus e Júpiter, vista de São Paulo, no Brasil, em 1 de dezembro de 2008..

A conjunção é um termo utilizado tanto na astrologia quanto na astronomia, e significa que, como vistos de algum lugar (normalmente a Terra), dois corpos celestes aparecem perto um do outro no céu.[1]

O símbolo astronômico e astrológico da conjunção é ☌ (em Unicode x260c) e feito à mão: Astronomical conjunction symbol.png

Configurações planetárias no Sistema Solar projetadas no plano da eclíptica. O planeta na parte inferior da figura está em oposição.

Conjunção superiorEditar

Os planetas superiores, os quais têm as suas órbitas externas em relação à Terra, estarão em conjunção quando estiverem atrás do Sol em relação à posição da Terra. Neste momento, suas distâncias são máximas em relação ao nosso planeta.

Conjunção inferiorEditar

Os planetas inferiores (Mercúrio e Vénus), além da conjunção superior, podem estar alinhados entre a Terra e o Sol, este alinhamento é chamado de em conjunção inferior.

OposiçãoEditar

O alinhamento entre um planeta superior, quando Terra fica entre ele e o Sol, é chamado de oposição.

QuadraturaEditar

Caso o alinhamento forme um ângulo de 90º com o Sol, é chamado quadratura.

Referências

  1. «Spectacular Conjunction» (em inglês). NASA. Consultado em 19 de março de 2010. Arquivado do original em 5 de dezembro de 2008 

Ligações externasEditar