Abrir menu principal
Conrad Schumann
Escultura na Bernauer Straße
Nascimento 28 de março de 1942
Zschochau
Morte 20 de junho de 1998 (56 anos)
Kipfenberg
Cidadania Alemanha, Alemanha Oriental, Alemanha Ocidental, Alemanha Nazista
Ocupação soldado
Causa da morte enforcamento

Conrad Schumann (Zschochau, 28 de março de 1942Kipfenberg, 20 de junho de 1998) foi um soldado da Alemanha Oriental que foi destacado para controlar a linha divisória na rua Bernauer, marcada por arames farpados, pois o Muro de Berlim ainda não estava pronto.

As icônicas fotografias da fulga de Schumann.

Tornou-se famoso em 15 de agosto de 1961 quando pulou a cerca que dividia o país e que daria origem ao Muro de Berlim nos tempos da Guerra Fria. Sua foto saltando a cerca correu o mundo. Schumann, aos 56 anos, sofrendo de depressão, enforcou-se no jardim de sua casa em Kipfenberg, na Baviera.[1][2]

Referências

  1. «The leap of hope that ended in despair». The Independent. 23 de Junho de 1998 
  2. «A fantástica fuga de Schumann». O Estadao de S.Paulo. 2 de Novembro de 2009 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Conrad Schumann
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.