Conservatório da Universidade Federal de Minas Gerais

O Conservatório da Universidade Federal de Minas Gerais, antigo Conservatório Mineiro de Música, é um edifício localizado na Avenida Afonso Pena, centro de Belo Horizonte. Atualmente desempenha importante papel na disseminação da cultura em Belo Horizonte.

Conservatório da Universidade Federal de Minas Gerais
Conservatório da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo conservatório
Geografia
Coordenadas 19° 55' 34.2" S 43° 56' 4.9" O
Mapa
Localização Belo Horizonte - Brasil

O Conservatório UFMG integra a Diretoria de Ação Cultural (DAC), da qual também fazem parte o Centro Cultural da UFMG, a Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade e o Espaço do Conhecimento UFMG.[1] Atualmente é dirigido pela Professora Margarida Borghoff.[2]

História editar

O edifício foi irnaugurado em 5 de setembro de 1926 pelo então presidente do Estado de Minas Gerais, Fernando Mello Viana. Desde então, teve grande influência na vida cultural belo-horizontina. Foi federalizado e transformado em instituição de ensino superior em 4 de dezembro de 1950. Em 30 de novembro de 1962 passou a integrar a Universidade Federal de Minas Gerais. Em 15 de março de 1988, o prédio foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais.[3]

Entre 1962 e 1996, a Escola de Música da UFMG teve como sede o prédio do Conservatório. Com a transferência da Escola de Música para o Campus Pampulha, em 1996, o prédio foi cedido à Prefeitura de Belo Horizonte, para abrigar a Comissão Organizadora do Centenário da cidade, durante todo o ano de 1997. A partir de 1998, o local recebeu investimentos da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), entidade ligada à UFMG, para restauração e revitalização, tendo suas características originais de construção totalmente recuperadas.[4]

Em de agosto de 2000, o Conservatório UFMG foi reinaugurado como um novo complexo cultural, com sala de recitais, galerias de exposições, auditórios, salas de aula e espaço para eventos. Em dezembro de 2001, foi inaugurado o prédio anexo, que abriga o restaurante, espaço de convivência, a Livraria da Editora UFMG e praça coberta para eventos.[3]

Ver também editar

Referências

  1. Apresentação, no sítio oficial do Conservatório da UFMG
  2. Equipe, no sítio oficial do Conservatório da UFMG
  3. a b História do Conservatório da UFMG no sítio oficial do conservatório
  4. Conservatório da UFMG é templo da música em BH, Jornal Estado de Minas - 21/04/2012
  Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.