Controle de malha fechada

(Redirecionado de Controle em malha fechada)

Também chamado de controle retroativo (realimentação ou feedback) necessita de informações da saída do controlador através de elementos sensores ou transdutores, compara o sinal da saída com o set-point(referência) e corrige a saída caso a mesma esteja desviando-se dos parâmetros programados.

No controle em malha fechada, informações sobre como a saída de controle está evoluindo são utilizadas para determinar o sinal de controle que deve ser aplicado ao processo em um instante específico. Isto é feito a partir de uma realimentação da saída para a entrada. O diagrama básico de um sistema de controle em malha-fechada é mostrado na figura abaixo. Em geral, a fim de tornar o sistema mais preciso e de fazer com que ele reaja a perturbações externas, o sinal de saída é comparado com um sinal de referência (chamado no jargão industrial de set-point) e o desvio (erro) entre estes dois sinais é utilizado para determinar o sinal de controle que deve efetivamente ser aplicado ao processo. Assim, o sinal de controle é determinado de forma a corrigir este desvio entre a saída e o sinal de referência. O dispositivo que utiliza o sinal de erro para determinar ou calcular o sinal de controle a ser aplicado à planta(sistema a ser controlado) é o controlador (ou compensador) . [1]

Diagrama de um sistema em malha-fechada

Um exemplo é uma geladeira. Em uma geladeira a temperatura interna é medida e comparada com um valor de referência pré-estabelecido pelo usuário. Caso a temperatura interna fique acima da temperatura pré-estabelecida (devido a temperatura externa ou a temperatura de algum alimento colocado na geladeira estar acima da temperatura interna), a geladeira é acionada e a temperatura começa a abaixar. Quando a temperatura atinge o valor de referência, o motor da geladeira é desligado. Desta maneira, a temperatura da geladeira tende a ficar em torno da referência.

Aplicações editar

A utilização da realimentação e, portanto, do controle em malha fechada, permite, entre outros:

  • Aumentar a precisão do sistema;
  • Rejeitar o efeito de perturbações externas;
  • Melhorar a dinâmica do sistema e, eventualmente, estabilizar um sistema naturalmente instável em malha aberta;
  • Diminuir a sensibilidade do sistema a variações dos parâmetros do processo, ou seja, tornar o sistema robusto.

Referências