Abrir menu principal
Convento dos Franciscanos, Lagoa.

O Convento de Nossa Senhora da Conceição da Lagoa, popularmente referido apenas como Convento dos Franciscanos, localiza-se na cidade da Lagoa, freguesia de Santa Cruz, concelho da Lagoa, ilha de São Miguel, nos Açores.

HistóriaEditar

Foi edificado pela Ordem dos Frades Menores entre o século XVII e o século XVIII.

Com a extinção das ordens religiosas masculinas (1834), o conjunto passou para a esfera civil, passando a abrigar as repartições públicas do concelho, nomeadamente os serviços ligados à administração municipal, às finanças e ao ensino público, através da instalação de uma escola no imóvel. À época da Primeira Guerra Mundial foi utilizado como detenção para prisioneiros alemães e, na Segunda Guerra Mundial, serviu como quartel de tropas.[1]

Mais recentemente foi requalificado para fins turísticos dando lugar a uma estalagem com acesso aos antigos jardins.[carece de fontes?]

O imóvel foi cedido em caráter gratuito e definitivo pelo Governo Regional dos Açores à Câmara Municipal da Lagoa em 9 de junho de 2010. Desde então foi objeto de nova intervenção de requalificação, passando a abrigar a Biblioteca Municipal da Lagoa, o gabinete da Presidência e respectivo gabinete de apoio.[1]

CaracterísticasEditar

Apresenta-se como uma sólida e volumosa construção dotada de jardim anexo.

A igreja que integra o conjunto, em estilo barroco, apresenta fachada rasgada por um portal ladeado por colunas torças. O seu interior é composto por uma só nave, com destaque para o retábulo do altar-mor, em talha dourada, onde se encontra uma imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Os três altares laterais encontram-se sob a invocação de Nossa Senhora do Monte Carmelo, de Santo António e do Santo Cristo dos Terceiros.

Notas

  1. a b "Convento dos Frades foi utilizado como acolhimento de prisioneiros alemães". Atlântico Expresso, 11 Jul 2011, ano XVI, nº 781, p. 10.

BibliografiaEditar

  • COSTA, Susana Goulart. O Convento dos Franciscanos: ex libris da Lagoa. Lagoa (Açores): Câmara Municipal da Lagoa, 2011.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre património edificado nos Açores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.