Corinthians Jundiaiense Foot-Ball Club

O Corinthians Jundiaiense Foot-Ball Club foi um clube brasileiro de futebol da cidade de Jundiaí.

Corinthians Jundiaiense
Nome Corinthians Jundiaiense Foot-Ball Club
Fundação 16 de setembro de 1913 (110 anos)
Estádio do Corinthians
Capacidade 10 000 espectadores[1]
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História editar

Tudo começou em uma festa junina da paróquia da Vila Arens, em 1913. Ficou decidido ali, entre os moradores do bairro, que seria formado um clube para a prática de futebol, e que se chamaria ‘Clube Athlético Villa Arens’. Após algum tempo, passou a se chamar ‘Norte América’, após simplesmente ‘América’, até que em 1915, após a vinda do jogador Casemiro de Amaral, justamente do Sport Club Corinthians Paulista, o clube passaria a se chamar – e fazer sucesso – sob a alcunha de Corinthians Jundiahyense Foot-Ball Club.[1]

Em um dos primeiros jogos após a mudança, e no primeiro do novo estádio, projetado para acomodar 10 mil torcedores e que fora cedido pela Cia. Tecelagem Japy, cujo presidente era torcedor roxo do clube, a disputa era contra ninguém menos que o clube que inspirou o nome: o próprio Corinthians ‘original’.[1]

Em pouco mais de 10 anos de existência, o clube teve uma participação expressiva no futebol paulista. Em 1920, por exemplo, foi campeão do Interior – até então era comum essa divisão entre campeonatos para os times da capital e outros apenas para os times do interior. O último registro que se tem do clube é de 1924, em mais uma disputa contra o Corinthians Paulista, e novamente mais uma derrota, desta vez um pouco menos amarga: apenas 2 a 0.[1][2]

Após o jogo, não se ouviu mais falar do clube. Segundo o pesquisador jundiaiense José Roberto Fornazza, houve movimentos na década de 30 e 60, dos próprios moradores, que até tentaram reativar o clube, mas todos foram em vão… Em uma dessas tentativas de reenguer o Corinthians Jundiaiense, foi iniciada a construção do estádio próprio, mas a empreitada acabou sendo deixada ‘de herança’ para a Associação Primavera de Esportes, que possui até hoje um estádio no local.[1]

Títulos editar

Referências

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.