Cosso Cornélio Lêntulo Getúlico

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cosso Cornélio Lêntulo.

Cosso Cornélio Lêntulo Getúlico (em latim: Cossus Cornelius Lentulus Gaetulicus) foi um político e general romano da gente Cornélia eleito cônsul em 1 a.C. com Lúcio Calpúrnio Pisão.

Cosso Cornélio Lêntulo Getúlico
Cônsul do Império Romano
Consulado 1 a.C.

HistóriaEditar

Apesar de transparecer uma atitude preguiçosa[1], Cosso recebeu diversos postos importantes em sua carreira. Depois de servir como cônsul em 1 a.C., foi nomeado procônsul da África em 6 d.C..[2]. Durante seu mandato, liderou uma campanha vitoriosa contra os getulos, o que lhe valeu o agnome "Getúlico"[3]. Um dos poucos homens de confiança do imperador Tibério[1], Cosso foi enviado à Panônia em 14 para acompanhar seu filho, Druso, numa campanha para sufocar um motim entre as legiões da região. Em 33, recebeu o posto de prefeito urbano[1], mantendo-o por vários anos antes de sua morte.

Getúlico teve pelo menos dois filhos, Cosso Cornélio Lêntulo, cônsul em 25, e Cneu Cornélio Lêntulo Getúlico, cônsul em 26[4].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Augusto XIII

com Marco Pláucio Silvano
com Caio Fúfio Gêmino (suf.)
com Lúcio Canínio Galo (suf.)
com Quinto Fabrício (suf.)

Cosso Cornélio Lêntulo Getúlico
1 a.C.

com Lúcio Calpúrnio Pisão
com Aulo Pláucio (suf.)
com Aulo Cecina Severo (suf.)

Sucedido por:
'Caio Júlio César

com Lúcio Emílio Paulo
com Marco Herênio Piceno (suf.)


Referências

  1. a b c Syme, pg. 436
  2. Syme, pg. 435
  3. Smith, pg. 430
  4. Syme, pg. 437

BibliografiaEditar

  • Syme, Ronald (1939). The Roman Revolution (em inglês). [S.l.]: Clarendon Press 
  • Smith, William (1860). A New Classical Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology (em inglês). [S.l.: s.n.]