Criomódulo

Um criomódulo é uma seção de um moderno acelerador de partículas composto de cavidades de aceleração RF supercondutora (SRF)[1][2][3] e requer temperaturas operacionais muito baixas (em torno de 2 kelvins). O criomódulo é um componente complexo, super-resfriado e de última geração, no qual os feixes de partículas são acelerados para a pesquisa científica.[4] As cavidades de nióbio são resfriadas com hélio líquido. Uma seção de criomódulo de um acelerador é composta de cavidades normais de condução e supercondutoras que aceleram o feixe, incluindo também uma rede magnética que fornece foco e direção.[5][6][7]

Esboço simplificado de uma cavidade SRF em um banho de hélio, com acoplamento RF e um feixe de partículas de passagem.

GaleriaEditar


Referências

  Este artigo sobre aceleradores é um esboço relacionado ao Física moderna. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.