Abrir menu principal

A cultura Lefkandi I desenvolveu-se entre 2450/24002200/2150.[1] A distribuição da cerâmica da cultura Lefkandi I no continente ocorreu na Tessália, Eubeia, Ática Oriental, Beócia, e Égina.[1] Os tipos de cerâmica pertencentes a esta cultura varia enormemente de local para local.[1]

O único local escavado que possui túmulos atribuídos a esta cultura são de Manika na Eubeia.[1] O método de sepultamento é idêntico ao praticado durante a cultura Korakou.[1]

A cerâmica da cultura Lefkandi I é caracterizada por distintivas formas em vermelho ou preto polido, claramente derivado de protótipos da Anatólia.[1] As formas favoritas incluem pratos, tigelas com jantes encurvadas, canecas com um cabo, copos com dois cabos, raras jarras de bico de píxides esféricos incisos.[1] Na Beócia ainda foram encontradas outras formas como a caneca pétala de aro (ou boca dobrada), a tigela Bass (tigela com alça em forma de ombro com lábio invertido) e o Trompettenkanne (jarro de boca redonda e perfil angular do corpo).[1]

A cultura Lefkandi I é considerada por muitos autores como a antecessora e progenitora da cultura Tirinto.[1]

Referências