Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dactyl fotografada pela Galileu em 1993
243 Ida fotografada também pela Galileu a uma distância de aproximadamente 10 500 quilômetros; ao fundo pode-se ver a lua Dactyl

Dactyl é o pequeno satélite natural que orbita o asteroide 243 Ida, fotografado pela sonda espacial Galileu em 28 de agosto de 1993. Mas somente foi descoberto em 17 de fevereiro de 1994 quando Ann Harch, membro da missão Galileu, o notou ao examinar as imagens. Provisoriamente identificado como S/1993 (243) 1, foi o primeiro satélite natural descoberto ao redor de um asteroide. Seu nome refere-se a seres mitológicos chamados dáctilos (que quer dizer dedos) que viviam no Monte Ida, segundo a mitologia grega.

Considerado também um asteroide, Dactyl possui um diâmetro de 1,4 km, e sua órbita por Ida dura 1,54 dias terrestres, em uma distância média estimada em 108 km, com inclinação de 9° em relação ao equador de Ida.

Ver tambémEditar

Links ExternosEditar

  Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.