Abrir menu principal

Damaia

localidade e antiga freguesia da Amadora, Portugal
Portugal Damaia 
  Freguesia portuguesa extinta  
Bandeira de Damaia
Bandeira
Brasão de armas de Damaia
Brasão de armas
LocalAmd-Damaia.png
Damaia está localizado em: Portugal Continental
Damaia
Localização de Damaia em
Coordenadas 38° 44' 43" N 9° 13' 06" O
Concelho primitivo Amadora , distrito: Lisboa
Concelho (s) atual (is) Amadora
Freguesia (s) atual (is) Águas Livres
Área
- Total 1,41 km²
População (2011)
 - Total 20 894
    • Densidade 14 818,4 hab./km²
Orago Santíssimo Redentor

A Damaia foi uma freguesia portuguesa do concelho da Amadora, com 1,41 km² de área e 20 894 habitantes (2011). Densidade: 14 818,4 hab/km².

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo o seu território passado para a nova freguesia de Águas Livres.[1]

Tem por orago o Santíssimo Redentor.

Índice

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Damaia [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
23 261 23 770 20 590 20 894

Criada pela Lei 45/79 [3], de 11 de Setembro

HistóriaEditar

A área da freguesia da Damaia foi densamente povoada em tempos pré-históricos, encontrando-se aí registadas seis jazidas arqueológicas na Carta Arqueológica da Amadora.

Durante a Idade Média e até ao século XX (ver nota abaixo) era conhecida como A-da-Maia; até à urbanização intensiva iniciada na década de 1960 do século XX, a Damaia era uma pequena aldeia que se desenvolvia em torno da passagem de nível da Linha de Sintra e subia até à quinta do Palácio dos Condes da Lousã. Neste palácio do século XVIII terá residido o inventor Padre Himalaya.

Nota: Até finais da década de 1970 os autocarros da carris que faziam o percurso Caminhos-de-Ferro (Estação de Santa Apolónia) - Damaia, indicavam na "bandeira" (indicador na parte fronteira do autocarro, por cima do pára-brisas do motorista) a indicação A-da-Maia. O autocarro era o Nº. 46.

Esta informação pode ser confirmada junto do arquivo histórico da CARRIS - Companhia de Carris de Ferro de Lisboa.

PatrimónioEditar

Bandas e CantoresEditar

De 1980 a 2010, muitas bandas surgiram na Damaia tendo marcado a cena musical nacional e internacional: Deolinda e Buraka Som Sistema são os nomes que mais se destacam, mas outras como Sacred Sin (a primeira banda portuguesa a passar na MTV internacional), Civic, Carniphicine, D-Jungle, A Pedra e o guitarrista Gonçalo Pereira têm dimensão nacional e internacional. [4]

Cantores como Francisco José e Dino Meira também viveram na Damaia, assim como o guitarrista da Amália, Jaime Santos. Bem como Valete, o maior rapper português.

Ligações externasEditar

Referências

  1. Unidade Técnica para a Reorganização Administrativa do Território Pronúncia da Assembleia Municipal da Amadora sobre a Reorganização Administrativa do Território. Acedido a 1 de julho de 2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Diário da República - https://dre.tretas.org/dre/209689/
  4. «banda da damaia» 
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.