Abrir menu principal

Wikipédia β

Damião Peres

Damião António Peres GCSEGCIH (Lisboa, 8 de Julho de 1889 - Porto, 26 de Outubro de 1976), professor liceal e mais tarde das Faculdades de Letras das Universidades do Porto (1919-1928) e de Coimbra (1931-1959), foi um insigne historiador português, para além de numismata.

Damião Peres
Nome completo Damião António Peres
Nascimento 8 de julho de 1889
Lisboa, Portugal
Morte 26 de outubro de 1976 (87 anos)
Porto, Portugal
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Professor
História de Portugal - edição monumental da Portucalense Editora, Porto (1928-1981)

Foi doutorado honoris causa pelas universidades de Montpellier e Bordéus, e foi membro da Academia das Ciências de Lisboa e fundador da Academia Portuguesa da História.

Da sua vastíssima obra, podem mencionar-se Como Nasceu Portugal, História dos Descobrimentos Portugueses (1943), Portugal na História da Civilização (1946) e Pedro Álvares Cabral e o Descobrimento do Brasil (1959). Dirigiu ainda a monumental História de Portugal (1928-1954), dita de Barcelos. Colaborou na revista Serões[1] (1901-1911).

A 19 de Julho de 1961 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e a 5 de Julho de 1968 com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[2]

ObrasEditar

  • Regimento das Cazas das Indias e Mina : manuscrito inédito;
  • 1580 : o govêrno do prior do Crato (1929);
  • Como nasceu Portugal (1938);
  • História dos descobrimentos portugueses (1943);
  • O descobrimento do Brasil por Pedro Álvares Cabral : antecedentes e intencionalidade (1949);
  • Américo Vespúcio e a expedição de 1501-1502: resposta a Marcondes de Sousa (1949);
  • Diogo Cão (1957);
  • Pedro Álvares Cabral e o descobrimento do Brasil (196?);
  • A gloriosa história dos mais belos castelos de Portugal (1969);
  • Os descobrimentos portugueses (1970);
  • Os mais antigos roteiros da Guiné : publicados com notícia explicativa (1992);

Referências

Ligações externasEditar