Dato (em malaio: dato ou datok , lit. "avô, ancião, chefe ou pessoa principal") é um título de nobreza não hereditário da Malásia, registrado desde ao menos o século XVI. Foi utilizado pelo explorador português Fernão Mendes Pinto (1510/14–1583).[1]

Referências

  1. Matos 1974, p. 448.

BibliografiaEditar

  • Matos, Artur Teodoro de (1974). Timor Português 1515-1769. Lisboa: Instituto Histórico Infante Dom Henrique